domingo, 29 de agosto de 2021

Fiscal de empresa de segurança confessou ter arquitetado furto ao Atacadão Rio do Peixe em cidade da Paraíba

O criminoso envolvido em arrombamento da loja Atacadão do Rio do Peixe, localizado no centro de Guarabira, foi preso por furto qualificado e formação de quadrilha. Prejuízo teria sido de 100 mil reais.

A Polícia Civil da 8ª Delegacia Seccional de Guarabira cumpriu mandado de prisão preventiva contra Bruno Vieira da Silva, 23 anos, que foi preso no conjunto Novo em Pirpirituba. Segundo o delegado Wagner Dorta, responsável pela investigação, na madrugada do último dia 13/12/2018, o preso estava fiscal de alarme de uma empresa de segurança que prestava serviço ao Atacadão do Rio do Peixe, e, em razão dessa função privilegiada, desligou o equipamento de monitoramento e informou aos comparsas o dia ideal para a prática do furto.

No interrogatório o investigado confessou o crime e disse que os comparsas não cumpriram com o prometido e não repassaram a sua parte. O Núcleo de Homicídios de Guarabira investigou o caso e, após representação de prisão, o juízo da comarca de Guarabira decretou a prisão, que ocorreu no dia 24.

O preso será encaminhado ao presídio João Bosco Carneiro, em Guarabira.

portal25horas