terça-feira, 17 de agosto de 2021

Enquanto petistas veem destruição do partido com chegada de RC, Gervásio não confirma aliança do PSB com PT na Paraíba


A chegada do ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), aos quadros do PT da Paraíba tem provocado mal estar e desacelarado as articulações no tocante à formação de alianças para as eleições de 2022.

É que enquanto petistas como o deputado Frei Anastácio e Anísio Maia apontam para uma destruição do PT diante da vinda do socialista, para o PSB a união com o partido do ex-presidente Lula – pelo menos no que diz respeito à corrida estadual – é incerta e não sabida.

“Ele vai destruir o partido”, alertou Frei Anastácio

Já Anísio reforçou que Ricardo já foi do partido e não respeitou a sigla: ““Se essa campanha começar com brigas e intrigas […] vai ser muito ruim para crescer como a gente deseja na Paraíba”, frisou.

Gervásio, que foi eleito com o apoio de Ricardo em 2018, não critica o ex-aliado, mas dá tom de desprezo às articulações que envolvam o ex-governador

“Eu ainda não tenho ideia do que cada partido vai formatar. Inicialmente, e até por estratégia, eu digo que uma coisa de cada vez: primeiro a aliança nacional, depois as composições nos estados. Seja através de alianças ou de candidaturas próprias. Mas cada coisa no seu momento”, finalizou.

Blog do Ninja