sexta-feira, 18 de junho de 2021

Em João Pessoa, Hospital Metropolitano ultrapassa a marca de 1.400 pacientes recuperados da Covid-19

Mais uma página da trajetória da saúde dos paraibanos e paraibanas foi escrita com vitória, na quinta-feira (17). O Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires celebrou a marca de 1.400 altas de pacientes recuperados da Covid-19. Em 11 de fevereiro, a data foi marcada pela alta de número 1 mil, o que resulta em uma média de 100 pacientes recuperados por mês.

Segurando uma imagem do Divino Pai Eterno, Guilherme Queiroga, 43 anos, foi recebido com balões, música e o carinho dos seus familiares, além da celebração dos profissionais da saúde que o acompanharam durante o tratamento. Bastante emocionado, ele agradeceu ao carinho de todos. “Fico feliz por esse dia e grato por estar vivendo, com a ajuda de todos, o meu milagre. Me emociono ao saber quantos tiveram essa mesma alegria que eu e sinto muito por aqueles que não conseguiram”, expressou.

Edilânia Queiroga, esposa do paciente, acrescentou o agradecimento ressaltando que as videochamadas cooperaram para a recuperação. “Todos os dias eu recebia o boletim sobre o estado de saúde dele, e as videochamadas eram realizadas nas terças, quintas e sábados. Para nós e para ele era o melhor momento; nos fortalecia, e víamos o quanto ele ficava bem. Agora estamos indo para o nosso lar em Patos, reunir a família novamente. Deus abençoe a todos”, disse.

Antes de seguir viagem, Guilherme fez questão de lembrar a importância dos cuidados com a Covid-19. “Não podemos maneirar a atenção contra essa doença, ela é real. Foi muito ruim conviver com o vírus, eu não conseguia conversar sem tossir. Agora estou recuperado e posso voltar para os braços da minha família e sou grato por ter sido tratado neste hospital. Peço que Deus continue abençoando toda a equipe, são verdadeiros anjos na terra”, finalizou.

“São 1.400 vidas salvas, 1.400 pessoas que puderam voltar para o convívio de suas famílias. O valor disso é imensurável. Ainda nesta semana, recebemos 12 pacientes das UTIs, para continuarmos com o tratamento desses e, logo em breve, conceder alta definitiva, isso nos deixa extremamente felizes. É um trabalho multiprofissional constante e voltado para esse momento”, contou o coordenador médico da Enfermaria Covid, Matheus Agra.

Outros dois pacientes receberam alta da unidade na tarde desta quinta-feira (17). O Hospital Metropolitano possui no total 88 leitos exclusivos para tratamento da Covid-19, sendo 57 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 31 de Enfermaria. A instituição, que integra a Rede Estadual de Saúde, trabalha em resposta ao Plano de Contingência do Estado no combate ao novo coronavírus.

oblogdepianco.com.br com Assessoria