segunda-feira, 24 de maio de 2021

Polícia Civil da PB participa de operação para prevenir contaminação pelo Covid-19

A Polícia Civil da Paraíba está participando da “Operação Previna-se”, promovida pela Secretaria de Segurança e Defesa Social com o objetivo de evitar aglomerações de pessoas e prevenir a contaminação pelo novo Coronavírus (Covid-19).

As ações também contam com presença de equipes da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros, do Departamento de Trânsito da Paraíba e de outras instituições estaduais e municipais.

A delegada Maísa Félix, titular da 1ª Superintendência de Polícia Civil da Paraíba, responsável pela região metropolitana de João Pessoa, e o delegado Alberto do Egito estão entre as autoridades que participaram dos trabalhos.

Neste sábado (22), as equipes se concentram no Busto de Tamandaré, na praia de Cabo Branco, em João Pessoa, e visitaram estabelecimentos comerciais, para orientar a população sobre a prevenção da doença e fiscalizar o cumprimento do decreto divulgado na última quarta-feira (19) pelo Governo do Estado.

O decreto disciplina o funcionamento das atividades na Paraíba entre os dias 20 de maio e 2 de junho. Ele determina medidas adotadas em virtude dos dados divulgados pela 25ª avaliação do Plano Novo Normal que apontou um aumento da transmissibilidade do coronavírus na Paraíba e o aumento de internações diárias.

O problema tem sobrecarregado o sistema de saúde, mesmo diante dos mais de 1.230 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e de enfermaria destinados exclusivamente aos pacientes diagnosticados com Covid-19.

Com isso, os municípios classificados em bandeira amarela deverão manter as orientações do decreto vigente. Já as cidades com bandeira laranja ou vermelha deverão ampliar as restrições para evitar uma maior contaminação pelo novo vírus.

O decreto define que bares, restaurantes, lanchonetes e lojas de conveniência situados em municípios com bandeiras laranja e vermelha poderão funcionar no horário das 6h às 16h.

Após esse horário, ficarão liberados apenas os serviços de delivery e de retirada do produto em loja. Nos municípios com bandeira amarela, o atendimento continua das 6h às 22h, com ocupação de 30% da capacidade do local e de até 50% da capacidade, nas áreas abertas.

O decreto estadual também proíbe o funcionamento de cinemas, museus, teatros, circos, casas de festas, centros de convenções, salas de espetáculos, bem como a realização de eventos sociais, congressos, seminários, conferências, shows e feiras comerciais em todo o território estadual.

Ainda determina o uso obrigatório de máscaras nos espaços abertos ao público. As fiscalizações também ocorrerão neste domingo (23) e terão prosseguimento enquanto durar a vigência do decreto.

Além de participar da operação, a Polícia Civil também orienta a população a utilizar os serviços da Delegacia Online, pelo endereço: www.delegaciaonline.pb.gov.br, para evitar deslocamentos e aglomeração em delegacias. E destaca que a população pode utilizar o Disque Denúncia 197 para comunicar casos de desobediência ao decreto.


*Assessoria de Imprensa/Polícia Civil da Paraíba

oblogdepianco.com.br