domingo, 11 de abril de 2021

Sepultamento do agropecuarista e comerciante piancoense Assis Remígio será neste domingo, 11 de abril no Cemitério São Miguel

V
ítima de um Acidente Vascular Cerebral (AVC), o agropecuarista Francisco de Assis Remígio (Assis Remígio), de 76 anos de idade, estava sendo cuidado por uma equipe médica em um hospital de João Pessoa. Na tarde de sábado, o quadro se agravou e ele veio a óbito.

Assis Remígio é uma pessoa bastante conhecida na região, por fazer parte de uma família que lida com o negócio da agropecuária há bastante tempo. Além de ser proprietário de terras e criação de gados, Assis Remígio também possuía uma loja de roupas e calçados, no centro da cidade.

Homem que sempre viveu do seu trabalho, herdado do seu pai, o saudoso Zeca Remígio, Assis é o pai do advogado Segundo Remígio (que também é professor de Direito nas FIP em Patos) e assessor jurídico de várias prefeituras e câmaras no Sertão; ele é também pai do jornalista Joaquim Franklin Remígio (Quinca Remígio) e pai da também advogada Zelita Lacerda Remígio, que atua em João Pessoa.

Assis Remígio é casado com Zelita Lacerda, a qual é bastante querida na sociedade piancoense.

Além de Quinca, Segundo e Zelita (filhos/a), Assis Remígio deixa noras e netos.

Seu sepultamento está previsto para este domingo, dia 11 de abril, no cemitério São Miguel, na cidade de Piancó.



oblogdepianco.com.br