quarta-feira, 17 de fevereiro de 2021

Prefeitura do Sertão fecha comércio e endurece restrições para combate à Covid-19

O objetivo é conter a propagação de contágios do coronavírus, que teve um aumento assustador nas últimas semanas.
(Imagem/reprodução)
O
município de São José de Piranhas, no Alto Sertão da Paraíba, decreta duras medidas a partir da terça-feira (16.fev.2021) até o próximo dia 1º de março. O objetivo é conter a propagação de contágios do coronavírus, que teve um aumento assustador nas últimas semanas.

As medidas restritivas endureceram a partir da publicação do decreto municipal nº 007/2021, publicado hoje pela Prefeitura Municipal. De acordo com o documento, só ficam abertos estabelecimentos de serviços essenciais, como farmácias, postos de combustíveis e supermercados com proibição de vendas de bebidas para ninguém comprar e se aglomerar em outros locais, funerárias, depósitos de água e gás, oficinas, hospital, clínicas, e outros.

Pelo decreto, além de outras proibições, não podem funcionar academias, ambientes de atividades físicas em geral, bares, restaurantes, lojas, salões de beleza, consultórios odontológico (salvo em casos de urgência), além de outras atividades com observação nas restrições e no horário de funcionamento.

Em casos de descumprimento do decreto, os infratores podem sofrerem multas que variam de R$ 100,00 até R$ 1000,00.

O Hospital Regional de Cajazeiras, referência para internações de pessoas com a Covid-19 na região, está com 100% de ocupação dos leitos de UTI. Em pouco mais de um mês mais de 250 pessoas foram infectadas pelo coronavírus em São José de Piranhas. Dedes o início da pandemia, foram confirmados 1.046 casos de Covid-19 e vinte mortes em decorrência da doença no município.

Tudo isso foi levado em consideração para que o prefeito, juntamente com o comitê de crise, Secretaria de Saúde e vereadores tomassem essa decisão com o único intuito de preservar vidas e a saúde dos mais de 20 mil habitantes.

Com Radar Sertanejo