www.oblogdepianco.com.br

terça-feira, 15 de dezembro de 2020

Paulinho, vocalista do Roupa Nova, morre aos 68 anos, vítima do coronavírus

(Foto: Jamile Alves | G1 / The Music Journal)
Paulo César dos Santos, o Paulinho do grupo Roupa Nova, faleceu na noite da segunda-feira (14), em decorrência do coronavírus. Ele tinha 68 anos e estava internado na UTI de um hospital no Rio. No final da tarde de hoje, seu estado de saúde piorou e o artista necessitou de maiores cuidados, mas não resistiu.

Paulinho estava se recuperando de um transplante bem-sucedido de medula óssea, quando contraiu o covid-19.

O cantor entrou no Roupa Nova ainda no fim dos anos 1970, quando o grupo se chamava Os Famks, juntamente com o tecladista Cléberson Horsth, o baixista Nando e o guitarrista Kiko. Em 1980, a banda mudou o nome para Roupa Nova e, com esta mudança, vieram os sucessos que se tornaram clássicos que foram eternizados na voz de Paulinho como Whisky a Go-Go, Volta pra Mim, Canção de Verão e A Metade da Maçã.

Um de seus trabalhos mais recentes, foi o single Já Nem Sei Mais, uma colaboração com a dupla Chitãozinho e Xororó. Paulinho também trabalhou com outros grandes nomes como Elba Ramalho, Zélia Duncan e Ivete Sangalo.

"As luzes do palco se apagaram. Infelizmente o nosso querido Paulinho não resistiu. Acabamos de receber a notícia que ele veio a falecer de falência de múltiplos órgãos após ser acometido pela infecção do vírus COVID-19", escreveu a banda em uma nota publicada no Instagram.

terra.com.br