terça-feira, 1 de setembro de 2020

Reajuste do preço do botijão gás de cozinha nem entrou em vigor e já há previsão de novo aumento em setembro

O reajuste do preço do botijão gás de cozinha, em quase 9%, só entra em vigor nesta terça-feira (01), mas o presidente do Sindicato dos Revendedores de Gás GLP da Paraíba (Sinregás), Marcos Antônio Bezerra, informou que já há previsão de novo aumento ainda em setembro. Este é o sexto aumento registrado no ano de 2020.

Sobre o aumento desta terça-feira, Marcos Antônio explicou que o preço do botijão de gás de cozinha sofreu duas variações: uma relacionada ao dissídio coletivo dos trabalhadores da área que ocorre sempre no mês de setembro, e também o percentual de reajuste da Petrobras.

"Coincidentemente os dois aumentos ocorreram no mesmo período", comentou ao portal ClickPB, destacando que os dois reajustes variam entre 8% a 9%, pois dependerá das revendedoras, pois os preços não são alinhados.

O preço do botijão pode chegar a valer R$ 90, dependendo da revendedora. Ainda de acordo com o presidente do Sinregás, somente este ano foram seis aumentos da Petrobras, chegando a 30,3%. "A prospeção que nos mostra é que ainda terá um outro aumento em setembro, mas não temos data e nem o percentual", revelou, destacando que os reajustes estão relacionados a variação do barril de petróleo e do mercado internacional.

Catolé News