segunda-feira, 6 de abril de 2020

Em Sousa, Homens ignoram isolamento e são presos

Dois comerciantes de Sousa, no Sertão da Paraíba, foram detidos e encaminhados para Delegacia na noite dessa sexta-feira (03) por descumprirem o decreto do Governo do Estado que proíbe funcionamento de estabelecimentos em cidades onde há casos confirmados da Covid-19. O município sertanejo tem um registro de pessoa infectada pelo novo coronavírus.

Os homens foram detidos durante a Operação Previna-se, que tem cujo o objetivo foi a fiscalização de pessoas, veículos e estabelecimentos comerciais e suas condutas ante a vigência de decretos emanados pelas três esferas administrativas de poder: federal, estadual e municipal.

Em conjunto com órgãos de fiscalização das prefeituras, tal como o STTrrans de Sousa-PB, vários pontos da cidade foram fiscalizados com observância a obediência dos decretos que determinam o fechamento temporário de estabelecimentos comerciais, inclusive, bares, lanchonetes, espetinhos, boates, entre outros como medida preventiva a disseminação do Coronavírus (COVID-19).

Além de responder a ação penal, o dono de uma churrascaria e o de uma lanchonete poderão sofrer sanções administrativas a despeito da cassação ou suspensão de suas licenças de funcionamento (alvará).

Segundo o comandante do 14º Batalhão de Polícia Militar, o Tenente Coronel Guedes, as operações continuarão a ocorrer nas 13 cidades que estão localizadas no mapa geoadministrativo de cobertura da unidade sendo: Sousa, São José da Lagoa Tapada, Nazarezinho, Marizópolis, Vieirópolis, Lastro, Aparecida, São Francisco, Santa Cruz, São Domingos, Pombal, São Bentinho e Cajazeirinhas.

MaisPB