sábado, 25 de abril de 2020

Em Itaporanga, Promotoria dá 24h para que Prefeitura esclareça se paciente com Covid-19 residia ou não na cidade


(Imagem reprodução de Internet)
O último boletim da secretaria estadual de Saúde, publicado no começo da noite de sexta-feira, 24, registra novos casos de coronavírus na Paraíba, entre os quis um em Itaporanga. No entanto, há dúvidas sobre o lugar onde este paciente, de fato, residia. 

Diante desse impasse, a Promotoria de Justiça de Itaporanga baixou Recomendação dando prazo de 24 horas para que a Prefeitura esclareça se esse paciente com Covid-19 residia em Itaporanga ou apenas seu cartão do SUS era da cidade. 

Mesmo se for confirmado que ele não residia aqui, mas na cidade de Itapororoca, localizado na região da mata paraibana, como há indícios, o Ministério Público quer saber se o paciente esteve em Itaporanga nos últimos 90 dias e com quem teve contato pessoal. De acordo ainda com a Recomendação, assinada pelo promotor Leonardo Pinto, sendo confirmado que o caso ocorreu no município de Itaporanga, a Promotoria recomenda que o prefeito suspenda seu último decreto e volte a fechar o comércio. 

O Promotor também pede que a Saúde municipal acompanhe o caso e identifique os familiares do paciente e de terceiros com quem ele teve contato nos últimos 15 dias e mantenha-os em quarentena obrigatória.

*reprodução mediante prévia autorização da fonte