quinta-feira, 30 de setembro de 2021

Live da Orquestra Sinfônica Municipal de João Pessoa recebe Beetholven Cunha nesta quinta-feira

A Orquestra Sinfônica Municipal de João Pessoa (OSMJP) apresenta, nesta quinta-feira (30), a live ‘Amigos & Histórias’ e traz como convidado especial o maestro, compositor e pianista Beetholven Cunha. O bate-papo, realizado por meio da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), começa às 19h, através do canal da Orquestra no Youtube.

Nordestino, de Goiana (PE), Beetholven começou sua carreira na música ainda muito jovem, aos 14 anos, estreando nas duas bandas de músicas de sua cidade natal. “Ele é um compositor muito representativo no Brasil com obras maravilhosas em todo país”, declarou o maestro Laércio Diniz, mediador da conversa.

Beetholven foi professor da Escola de Música Adalgisa Paiva, da Universidade Federal do Piauí, na qual também exerceu o cargo de diretor. Foi maestro titular da Camerata Teresinense; fundador e diretor artístico do Coral Comunitário; do grupo de música experimental Gmuco; do coral infanto-juvenil da cidade de Teresina e do projeto/grupo de dulcistas Sopro Divino.

“Eu me dedico muito à composição. É um dos meios que tenho para me comunicar com outras pessoas. Também faço outras atividades como pintura e a escrita, escrevo poemas”, explicou. Na live, o artista vai contar um pouco de sua trajetória artística na música, por onde passou, e as estreias de suas obras em todo o Brasil, assim como as apresentações realizadas em países da Europa, América e Ásia.

“Vamos falar muito sobre música, arte e a importância dela na vida das pessoas. Estarei ao lado de pessoas muito queridas. O maestro Laércio Diniz é uma pessoa bastante conhecida, é envolvida na música do Brasil e no exterior. Já executou obras minhas com a Sinfônica Municipal de João Pessoa e eu estive presente numa dessas apresentações e fiquei muito orgulhoso e feliz”, finalizou o músico.

Também participam do programa dois integrantes da Orquestra Sinfônica Municipal de João Pessoa: Emanoel Barros e Fabiano Silva, este também professor do projeto Ação Social pela Música.


*Texto: Annaline Araújo/Edição: Felipe Silveira/Fotografia: Assessoria/FUNJOPE

oblogdepianco.com.br