quarta-feira, 4 de agosto de 2021

Rede de apoio vai atender mulheres vítimas de violência doméstica no ‘Vale do Piancó’

O combate à violência doméstica, no ‘Vale do Piancó’ paraibano, vai receber um importante aliado, com a participação direta do Poder Judiciário estadual. Nesta quarta-feira (4), às 14:00h, a juíza da 3ª Vara Mista da Comarca de Itaporanga, Hyanara Torres, o juiz diretor do Fórum de Conceição, Francisco Thiago da Silva; e o juiz da Comarca de Piancó, João Lucas Souto, vão participar de uma reunião virtual com prefeitos, procuradores, delegados, defensores públicos, promotores de Justiça, assistentes sociais e psicólogos, para montar uma rede de apoio e proteção às vítimas de violência.

“Vamos criar um canal de atendimento, por meio do perfil do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc), do qual somos coordenadores. Lembrando que escolhemos o mês de agosto em comemoração aos 15 anos da Maria da Penha”, adiantou, Hyanara Torres. 

Além das três comarcas, a ação vai beneficiar 17 municípios-sede: Boa Ventura, Curral Velho, Diamante, Pedra Branca, São José de Caiana, Serra Grande, Aguiar, Catingueira, Emas, Igaracy, Nova Olinda, Olho D' Água, Santana dos Garrotes, Ibiara, Santa Inês, Santana de Mangueira.

Ainda segundo a magistrada, a iniciativa da criação de uma rede de proteção considerou o crescente número de casos envolvendo violência doméstica, sobretudo no período de pandemia, e visa à construção de uma política integrativa entre os órgãos que compõem o sistema de Justiça, tudo com o objetivo de conferir uma maior proteção e assistência às mulheres vulneráveis da região do Vale do Piancó.

*Por Fernando Patriota/GECOM-Gerência de Comunicação

oblogdepianco.com.br