domingo, 29 de agosto de 2021

Precavido, João Azevedo vai a reeleição e quer unir-se as maiores lideranças municipais no Sertão e em Piancó pode ter surpresas

Pref. Cícero, Gov. João e Dep. Agnaldo
(Imagem/reprodução)
E
m recente entrevista a uma emissora de rádio com sede em João Pessoa e com rede em todo o Estado, o governador João Azevedo (Cidadania) disse em alto e bom som, que "
Não existe discussão sobre montagem de chapa  sobre composições para 20221".

Fato é que o  governador  descartou qualquer especulação sobre montagem de chapa para a eleição majoritária de 2022, e   já confirmou que é candidato à reeleição. "Nós não temos sequer as regras de 2022. Então não há essa discussão, muito menos formação de chapa, não é o momento”, afirmou.

Só que no Sertão, com destaque ao Vale do Piancó, o governador esteve visitando a região na sexta-feira (20), e passou  por oito cidades do Vale, “arrodeado” de políticos. As cidades visitada foram, Princesa Isabel, Tavares, Manaíra, Santana de Mangueira, Conceição, Santa Inês e encerrando em Diamante. Piancó participou com a presença de vários apoaiadores do governador, com destaque para o ex-prefeito Sales Lima (DEM).

No Vale, alguns políticos da cidade de Piancó que se pocisionam lateralmente junto ao goverador, foram a atenção dos presentes: Não havia união entre os vários grupos que 'apoiam' o governador no seu atual mandato e na possível reeleição. O que se viu foi uma divisão entre os grupos - fato que já ocorre na cidade piancoense desde a posse de João e o asfatamento de Ricardo - e, na avaliação de políticos experientes que acompanhavam o governador, o atual vice-prefeito (ex-prefeito) Sales Lima (DEM), pode ser o nome que vai ser ouvido pela equipe de João Azevedo, com vistas a sua reeleição em 2022. Tudo leva a crer, conforme observou alguns presentes ao evento, o prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena (PP), deputados federais Analdo Ribeiro (PP) e Efraim Morais (DEM), a senadora Daniela Ribeiro (PP) e a ex-prefeita Flávia Serra Galdino junto ao prefeito Daniel Galdino, pode se unirem para uma reunião com vistas as eleições do próximo ano. 

A assessoria do governador João Azevedo já percebeu que existe uma disputa interna (em Piancó) quando se trata de apoiar seu nome. E essa 'divisão' pode acarretar prejuízos para seu projeto de reeeleição e alavancar a candidatura do seu opositor que pode ser o ex-candidto a prefeito de João Pessoa, Nilvan Ferreira (PTB) ou o próprio senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB) e correndo por fora, o ex-prefeito de Campina Grande, o engenheiro Romero Rodrigues (PSD).

Ainda vai passar muita água por baixo da ponte do Rio Piancó, até que uma decisão seja tomada pelo governador João Azevedo, sobre quem ele vai querer no seu palanque em 2022, o representando junto ao seu eleitorado em Piancó.

Não se surpreendam se a ex-prefeita Flávia Serra Galdino - apesar dela não confirmar qualquer aproximação política com  João Azevedo - que ambos estarão no mesmo palanque no proximo ano.

É ver pra crer!

Antonio Cabral (DRT-PB 3085)
oblogdepianco.com.br