domingo, 15 de agosto de 2021

Biênio 2021-2023: Antônio Hortêncio é nomeado como o novo procurador-geral de Justiça da Paraíba

Promotor Antônio Hortêncio
O
governador João Azevedo nomeou, na quinta-feira (12/08), o promotor de Justiça Antônio Hortêncio Rocha Neto para exercer o cargo de procurador-geral de Justiça do Ministério Público da Paraíba (MPPB) nos próximos dois anos (biênio 2021-2023). Hortêncio foi o candidato mais votado pelos 215 membros (procuradores e promotores de Justiça) que participaram da eleição remota realizada no último dia 29 de julho na instituição para compor a lista tríplice. O ato da nomeação foi publicado no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (13/08). Hortêncio agradeceu aos envolvidos na concretização dessa escolha, destacando a importância do respeito aos princípios republicanos e a relação harmoniosa entre as instituições para que haja o fortalecimento da democracia.

"Agradecemos aos membros que sufragaram o nosso nome como o mais votado na lista tríplice; ao governador pela escolha do nosso nome nessa condição e a Deus por ter nos conduzido de forma equilibrada durante todo o processo. Nesse biênio que se inicia em 30 de agosto, iremos buscar união, diálogo e apoio. União interna para que cada membro possa se sentir parte de um todo e que a instituição, dentro de sua unidade, possa desenvolver cada vez mais as suas atividades em todo o Estado. Diálogo com membros e servidores sempre em busca das melhores soluções internas e, também, diálogo com poderes e outras instituições para encontrarmos as melhores opções para as questões mais sensíveis que afetam a população. Apoio aos membros que, cada vez mais, assumem demandas, para que possam continuar dando respostas e resultados à sociedade paraibana. A partir do dia 30, estaremos de mangas arregaçadas para, com muita dedicação e trabalho, podermos desenvolver, cada vez mais, o Ministério Público da Paraíba e prestar um serviço de excelência à população paraibana”.

A eleição
Quatro promotores de Justiça disputaram a eleição para o cargo de PGJ. Antônio Hortêncio recebeu 163 votos, o correspondente a 75,8% dos votos válidos. Além dele, integraram a lista tríplice encaminhada ao governador do Estado os promotores de Justiça Francisco Bergson Formiga (que recebeu 107 votos) e Amadeus Lopes Ferreira (que obteve com 67 votos). O quarto colocado da eleição foi o promotor João Geraldo Barbosa que obteve 31 votos.

A lista tríplice foi encaminhada no mesmo dia da eleição ao governador do Estado pelo procurador-geral de Justiça Francisco Seráphico Ferraz da Nóbrega Filho. A nomeação aconteceu 14 dias depois. A solenidade de posse do novo PGJ será realizada no dia 30 de agosto. Seráphico destacou que a eleição para compor a lista tríplice para escolha do novo PGJ ocorreu de forma transparente e tranquila e falou sobre a importância do respeito às instituições e aos valores democráticos, concretizado na nomeação do candidato mais votado pelos membros da instituição.

Perfil do novo PGJ
Antônio Hortêncio tem 45 anos, é natural de João Pessoa e ingressou no MPPB em 2 de maio de 2000. Ele é o 7º promotor de Justiça de João Pessoa, com atribuições na área criminal. Atualmente, ocupa as funções de secretário-geral do MPPB, secretário do Conselho Superior do Ministério Público (CSMP) e membro das comissões de Elaboração Legislativa (CEL), de Análise do Quadro de Membros, de Gestão do Teletrabalho e integrante do Núcleo de Inovação e do Comitê de Tecnologia da Informação do MPPB.


oblogdepianco.com.br com MPPB