sábado, 19 de junho de 2021

Polícias Civis da Paraíba e de Pernambuco prendem um dos criminosos mais procurados daquele estado

U
ma investigação conjunta da Polícia Civil da Paraíba e de Pernambuco resultou na prisão de dois homens na sexta-feira (18), sendo um deles muito procurado pela polícia pernambucana nos últimos anos. O investigado tem 28 anos de idade e teria assassinado uma criança de dois anos, na mesma ação criminosa em que matou o padrasto do menino.

O duplo homicídio aconteceu em 2019, em Itamaracá. Um grupo de homens encapuzados invadiu a residência e atirou contra as vítimas, que morreram no local. O crime ganhou grande repercussão em Pernambuco, e o suspeito passou a ser um dos homens mais procurados daquele estado.

Nesta sexta-feira, os policiais civis foram até uma casa de veraneio no município de Lucena, litoral norte da Paraíba, e surpreenderam o investigado. Outro homem que estava na casa também foi preso.

“Com eles, nós encontramos duas pistolas calibre .40, carregadores, várias munições de calibres .40 e 38, documentos falsos, anotações de contabilidade, porções de drogas e aparelhos celulares roubados”, disse o delegado seccional Carlos Othon, de Santa Rita.

Foragido
O alvo principal da operação já cumpria pena por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. Ele saiu do presídio dois meses antes do duplo homicídio, beneficiado com uma ‘liberdade temporária’, mas não retornou à unidade prisional, passando, desde então, a ser considerado um foragido da justiça.

*Assessoria de Comunicação. Polícia Civil da Paraíba

oblogdepiaco.com.br