quarta-feira, 12 de maio de 2021

Produtor rural tem cachorro alvejado por balas em Piancó, mas consegue sobreviver

U
m cachorro foi baleado na orelha na zona rural de Piancó, na comunidade Carneiros/Mororó. Um corredor que parte da BR-426 até a fazenda Mororó,    na zona rural de Piancó,  o dono do animal percebeu um grande ferimento em seu cão, que sempre vem ao seu encontro quando escuta o barulho do veículo. Foi aí que o proprietário percebeu um grande sangramento na parte da cabeça, próximo a orelha do cão, que estava acuado no pé de uma cerca, demonstrando medo. Todas as manhãs, logo que o dia fica claro, o produtor vai tirar o leite do gado. E foi nesta quarta-feira (12) que o fato aconteceu.

Segundo o produtor Zé Geraldo Mororó, o cão é dócil e já habita aquele local há muito tempo, sem nunca causar qualquer prejuízo ou invasão nas outras terras/casas próximas. O ferimento é semelhante a tiro de espingarda de soquete, que expele chumbo quando do tiro.

O cão recebeu os cuidados realizado pelo seu dono, mas ainda há a preocupação de que algo pior seja feito, na tentativa de matar o animal. O proprietário disse não suspeitar de nenhum vizinho próximo e pensa em registrar Boletim de Ocorrência para que a Polícia Civil realize investigações e quem sabe, encontrar o autor dos disparos e entender o motivo - se é que ha motivo para tentar matar um animal dócil -, que levou essa pessoa a desferir o tiro contra o cão.

Quem maltrata animais poderá ser preso, com pena de dois a cinco anos de reclusão, e ainda pagar multa. O crime deixa de ser considerado menor potencial ofensivo.  Quem maltrata os animais é enquadrado no art. 32 da Lei 9.605/98.

Antes da modificação, os autores tinham que cumprir pena de detenção, de três meses a um ano, além de multa. A partir de agora, o criminoso será investigado e não mais liberado após a assinatura de um termo circunstanciado, como ocorria antes. Além disso, quem maltratar cães e gatos passará a ter, também, registro de antecedente criminal e, se houver flagrante, o agressor é levado para a prisão.

oblogdepianco.com.br