sábado, 8 de maio de 2021

Mesa Diretora da Câmara de Piancó tem projeto aprovado que dispõe da Inserção de Símbolo TEA nas placas de atendimento prioritário; entenda

A Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Piancó, teve Projeto de Lei (Nº 19/2021) aprovado e que "Dispõe sobre a obrigatoriedade de inserção do símbolo mundial da conscientização dos Transtornos do Espectro Autista – TEA, nas placas de atendimento prioritário". Segundo o presidente da Casa, vereador Wallace Pereira Militão (PP), "Os estabelecimentos públicos e privados que disponibilizam atendimento prioritário devem incluir nas placas que sinalizam esse tipo de atendimento, o símbolo mundial da conscientização do Transtorno do Espectro Autista – TEA.

O 'quebra cabeça' é um símbolo que representa a complexidade do Transtorno de Espectro Autista — TEA. Foi usado pela primeira vez em 1963 e popularizado pela Autism Speaks, entidade norte americana. A ideia é usar o quebra cabeça para simbolizar as dificuldades de compreensão enfrentadas pelas pessoas com autismo. 2 de abril, celebra-se o Dia Mundial de Conscientização do Autismo. De acordo com o presidente da Câmara, Wallace Militão, é importante buscar ações de conscientização sobre o autismo. Lembra ainda o presidente que o projeto é uma reivindicação pública e de autoria da Mesa Diretora da Câmara de Piancó.

TEA
O autismo é uma condição neurológica vitalícia que se manifesta durante a primeira infância, independentemente de gênero, raça ou condição socioeconômica. O Transtorno do Espectro Autista (TEA) é principalmente caracterizado por suas interações sociais únicas, formas não padronizadas de aprendizagem, forte interesse em assuntos específicos, inclinação a rotinas, dificuldades em formas típicas de comunicação e maneiras particulares de processar a informações sensoriais.

O objetivo do projeto é igualar os pacientes diagnosticados com o Transtorno do Espectro Autista (TEA) aos demais beneficiários do atendimento prioritário. 

A fita Quebra-Cabeça foi adotada em 1999 como símbolos para a conscientização do autismo e representa a sua complexidade. Além de trazer o quebra-cabeça, suas peças em cores diferentes representam a diversidade de pessoas e famílias que vivem com o transtorno. As cores fortes representam a esperança em relação aos tratamentos e à conscientização da sociedade em geral.

O Projeto de Lei visa determinar  a inserção da “ fita quebra cabeça”, símbolo mundial da conscientização do Transtorno do Espectro Autista – TEA, nas placas de atendimento prioritário.

oblogdepianco.com.br/informídia