sexta-feira, 7 de maio de 2021

Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Piancó empossa Geraldo Ferreira em detrimento a uma licença do vereador Genival Júnior

N
a quinta-feira (06) a  Câmara de Vereadores de Piancó [Casa Padre Manoel Otaviano] realizou a sua 12ª Sessão Ordinária, com início às 19:00h e a Mesa Diretora deu posse ao suplente Geraldo Ferreira (PP) que teve uma votação de 371 Votos (3,84%). O vereador Geraldo Ferreira de Sousa assume em detrimento a um pedido de licença do vereador Genival Júnior (PP) que está se recuperando de uma cirurgia. Geraldo Ferreira está em seu segundo mandato. 

AFASTAMENTO E POSSE
O vereador Genival Júnior Dantas (Júnior de Gerisvaldo/PP), teve uma votação de 436 (4,51% dos válidos), protocolou na secretaria da Câmara de Vereadores de Piancó um pedido de licença onde o mesmo justifica o pedido, em detrimento a um período de convalescência pela recuperação de uma cirurgia. Amparado através de atestado médico, na forma do do Regimento Interno da Casa. Em conformidade com o Regimento Interno da Câmara, quando o afastamento de um vereador ultrapassar 15 dias, é obrigatória a convocação do suplente. Após receber a lista de suplentes do Cartório Eleitoral e o parecer da Assessoria Jurídica da Câmara, o presidente Antonio Wallace Pereira Militão convocou o primeiro nome da lista de suplência, vereador Geraldo Ferreira. A posse foi conduzida pelo presidente da Casa, vereador Wallace Militão (PP) com a participação de todos os parlamentares que compõem aquele órgão de leis.

SOBRE O DIREITO A LICENÇA
Os vereadores têm direito a licenciar-se de suas atividades em duas situações: para tratamento de saúde, por 120 dias, mediante apresentação de atestado médico; para tratar de assunto de interesse particular, desde que o afastamento não ultrapasse 60 dias por ano. Caso se licencie para tratar de assuntos particulares, o vereador perde o direito à remuneração pelo período correspondente.

O vereador empossado Geraldo Ferreira disse a nossa Redação que vai cumprir com suas obrigações parlamentares, da mesma maneira que sempre atuou nos quatro anos da legislatura passada  (2017/2020) e fará a defesa necessária da população nas sua reivindicações sociais, sempre agindo em comum acordo com a população e os poderes Legislativo, Executivo e quando necessário, Judiciário. "Meu mandato pertence ao povo de Piancó!", disse o vereador.

oblogdepianco.com.br