sexta-feira, 19 de fevereiro de 2021

Em Conceição (PB), Escolas públicas têm climatização adquirida com recursos de transação penal do Juizado Criminal da Comarca local

O juiz Francisco Thiago da Silva Rabelo, titular da Vara Única da Comarca de Conceição, iniciou o projeto de climatização das escolas públicas da região com uso de recursos da transação penal do Juizado Especial Criminal (JECRIM). Duas escolas já foram atendidas e o objetivo é contemplar todas as unidades. A iniciativa ocorre em parceria com Ministério Público, por meio do promotor Lean Xerez.

“Por ser uma região com temperatura bastante elevada, consideramos que a climatização melhorará a qualidade de vida dos alunos, pois o clima influencia diretamente no humor e na saúde, tanto dos estudantes quanto dos professores”, observou o juiz Francisco Thiago.

A Comarca de Conceição abrange, também, as cidades de Ibiara, Santana de Mangueira e Santa Inês. Cinco aparelhos de ar condicionado de 12.000 BTUs já foram instalados na Escola Estadual de 1° Grau Presidente Kennedy, na cidade de Santana de Mangueira, e outros dois na Escola Estadual do Bairro São José (Colégio Bindo Leite), em Conceição, de acordo com o técnico judiciário Valtônio Marinho Vieira.

De acordo com o servidor Valtônio Marinho, a pessoa que pagará pena pecuniária fica responsável pela compra e instalação do ar-condicionado. “É uma iniciativa de extrema importância para o ambiente escolar, uma vez que nossa Comarca está localizada no semiárido, e torna-se, em determinadas épocas do ano, quase insuportável a permanência do aluno na sala por um período longo”, avaliou.

Essa iniciativa continuará nas próximas audiências, inclusive contemplando outras escolas públicas.

*Gabriella Guedes/Gecom-TJPB / DICOM-Diretoria de Comunicação Institucional

oblogdepianco.com.br