www.oblogdepianco.com.br

quinta-feira, 24 de dezembro de 2020

Piancoense Manoel Soares Monteiro: Desembargador morre em João Pessoa aos 78 anos

Antonio Leite, Des. Manoel Monteiro e Sergio Lacerda
O
desembargador Manoel Soares Monteiro morreu na quarta-feira (23), aos 78 anos, em João Pessoa. O Tribunal de Justiça da Paraíba emitiu uma nota de pesar, na qual faz um resgate histórico da carreira do magistrado e da sua contribuição à Paraíba.

Natural de Piancó, o desembargador Manoel Soares Monteiro ingressou na magistratura em novembro de 1975, designado para a comarca de São José de Piranhas. Atuou, ainda, antes de vir para a unidade judiciária de João Pessoa, em Sousa e Campina Grande.

Exerceu jurisdição como juiz substituto nas comarcas de Pombal, Catolé do Rocha, Brejo do Cruz, Bonito de Santa Fé, Cajazeiras, Uiraúna, Aroeiras, Alagoa Nova, Pocinhos São João do Rio do Peixe.

Desembargador Manoel Monteiro
Em maio de 2005, tomou posse no cargo de desembargador do Tribunal de Justiça, promovido pelo critério de antiguidade. Atualmente, além de fazer parte do Pleno, é presidente da Primeira Câmara Cível, órgão fracionário do TJPB.

Em 18 de novembro de 2009, o Pleno do Tribunal de Justiça da Paraíba escolheu, por unanimidade, durante a sessão administrativa, o nome do desembargador Manoel Soares Monteiro para a vaga de membro substituto do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB), na categoria de desembargador. A solicitação da indicação partiu do presidente da Justiça Eleitoral, desembargador Nilo Luis Ramalho Vieira.

“Agradeço a indicação e a confiança dos membros da Corte, ao indicar meu nome para o Tribunal Regional Eleitoral”, disse o desembargador Manoel Monteiro, após a escolha de seu nome para a composição do TRE.

Em janeiro de 2012 esteve na cidade de Piancó
onde o TRE e prefeituras de Piancó e Santana dos Garrotes lançaram o Cadastramento Biométrico, recebendo a cobertura de oblogdepianco e o apoio da prefeitura de Piancó, na então gestão da prefeita Flávia Serra Galdino. Os eleitores das cidades de Piancó e Santana dos Garrotes fizeram uma revisão eleitoral com a coleta de dados biométricos. Na época, foram  utilizados 25 kits biométricos, cada kit  composto por um computador, uma câmera fotográfica e um leitor de impressão digital.  

Encontro com familiares em Piancó
Estiveram presentes ao evento várias autoridades estaduais, municipais e regionais, a exemplos do Presidente do TRE-PB; Desembargador Manoel Soares Monteiro, o presidente em exercício do TRE-PB; Desembargador José Di Lorenzo Serpa, a Juiza Eleitoral da 66ª. Zona Eleitoral, Dra. Luciana Rodrigues Lima; o Diretor-Geral do TRE-PB; Bacharel Leonardo Lívio Ângelo Paulino (de saudosa memoria), além da prefeita Flávia Galdino (PSB) e do Prefeito de Santana dos Garrotes, José Alencar (PSDB).

Outras autoridades se fizeram presentes, como o então presidente da Câmara de Vereadores de Piancó, Dr. José Bráulio Júnior (PSD),  o gerente regional da 7ª GRS, Antonio Leite Neto, ex-vereador Sérgio Lacerda, Dr. Djalma Ângelo da Silva, ex-prefeito Gil Galdino (de saudosa memória), dentre outros.

Um dos momentos mais emocionantes foi quando o jovem Leonardo Lívio Ângelo Paulino (foto), neto do saudoso Manuel Ângelo [da família de Djalma e Benjamin Ângelo], falou da honra de está em Piancó trazendo esta modernização para a cidade. Outro piancoense ilustre que se encontrava na evento, foi o Desembargador Manoel Soares Monteiro, nascido no bairro Belo Horizonte, em Piancó. Leonardo morreu em um fatídico acidente na cidade de João Pessoa em 

Confira Nota do TJPB: 

“O TJPB externa profundo pesar pelo falecimento do desembargador aposentado Manoel Soares Monteiro, ocorrido nesta quarta-feira (23) em João Pessoa, aos 78 anos. A família ainda não informou se haverá velório aberto ao público.

O magistrado nasceu em Piancó, alto sertão paraibano e formou-se em Direito pela Universidade Federal da Paraíba no ano de 1971, tendo ingressado na magistratura como juiz da comarca de São José de Piranhas, em 25 de novembro de 1975. Passou ainda pelas comarcas de Sousa, Campina Grande, Pombal, Catolé do Rocha, Brejo do Cruz, Bonito de Santa Fé, Cajazeiras, Uiraúna, Aroeiras, Alagoa Nova, Pocinhos, São João do Rio do Peixe e João Pessoa. Além de ter presidido o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), também integrou o Conselho da Magistratura e a Primeira Câmara Cível do TJPB.

Uma grande perda para Judiciário paraibano, um homem íntegro, que tinha muito saber jurídico.”

A prefeitura de Piancó, sua terra natal, emitiu Nota e decretou luto oficial por três dias.


oblogdepianco.com.br