segunda-feira, 31 de agosto de 2020

Em Piancó, dois pré-candidatos a vereador desistem de disputar a eleição; Confira

Pela primeira vez, vereadores não poderão concorrer por coligações, candidatos ao cargo somente poderão participar em chapa única dentro do partido. A alteração está na legislação e foi instituída pela reforma eleitoral de 2017. O fim das coligações na eleição proporcional foi aprovado pelo Congresso Nacional por meio da reforma eleitoral de 2017. Com isso, o candidato a uma cadeira na câmara municipal somente poderá participar do pleito em chapa única dentro do partido ao qual é filiado.

Na eleição proporcional, é o partido que recebe as vagas, e não o candidato. No caso, o eleitor escolhe um dos concorrentes apresentado por um partido. Estarão eleitos os que tenham obtido votos em número igual ou superior a 10% do Quociente Eleitoral (QE), tantos quantos o respectivo Quociente Partidário (QP) indicar, na ordem da votação nominal que cada um tenha recebido.


Alguns vereadores de Piancó não irão concorrer à reeleição. É o caso do vereador José Geraldo Leite Mororó (Progresistas). Ele anunciou sua desistência da candidatura a reeleição em uma rede social. O parlamentar deve apoiar outro nome à Câmara e continua aliado ao prefeito Daniel Galdino. 

CARTA DE ZÉ GERALDO AO POVO DE PIANCÓ:
Outro pré-candidato (que iria concorrer pela primeira vez) que também anunciou a sua desistência, foi o empresário Ivanildo Avelino (DEM), aliado do pré-candidato a prefeito Sales Lima (DEM). 

CARTA DE IVANILDO AVELINO AO POVO DE PIANCÓ:


Neste ano de 2020, os brasileiros vão às urnas para eleger seus prefeitos e vereadores. Mas por causa da Pandemia do novo Coronavírus, o Congresso Nacional decidiu adiar as eleições de outubro para novembro. As novas datas são: primeiro turno em 15 de novembro e segundo turno em 29 de novembro.

A lei, que incide sobre regras de campanha e funcionamento dos partidos, promoveu alterações na Lei dos Partidos Políticos e na Lei Eleitoral, de modo que inúmeras mudanças processuais foram estabelecidas para a realização das eleições municipais de 2020.

Com estas reformas legais, o pleito eleitoral deste ano não agradou a muitos políticos, especialmente nas pequenas cidades.

Segundo informações, outros três pré-candidatos a Câmara de Piancó, também já preparam Nota a População, dando conta das suas desistências, em participar das eleições desse ano.

oblogdepianco.com.br