quinta-feira, 2 de abril de 2020

Confira algumas ações do Governo Federal para diminuir os impactos do coronavírus

Entrevista coletiva com ministros - Foto: Anderson Riedel
Em coletiva à imprensa, realizada nesta quarta-feira (1), no Palácio do Planalto, em Brasília (DF) os ministros da Saúde, Agricultura, Relações Exteriores, Ciência e Defesa informaram as ações que cada ministério está tomando para atenuar os efeitos do coronavírus no País.

Confira abaixo algumas ações do Governo Federal 

Saúde
O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, informou que o Governo Federal vai financiar pesquisas sobre novos métodos de diagnóstico, tratamento e interrupção da transmissão do coronavírus no País. Serão destinados R$ 50 milhões pelos ministérios da Saúde e Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. Podem participar pesquisadores vinculados a instituições científicas através de Chamada Pública Nacional, que será publicada ainda nesta semana na plataforma do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ).

O ministro ainda informou que já está acontecendo a distribuição dos 500 mil testes rápidos para diagnóstico de coronavírus em todo o País. Os testes irão atender os profissionais que atuam nos serviços de saúde e agentes de segurança, como policiais, bombeiros e guardas civis com sintomas de síndrome gripal. Este é o primeiro lote de um total de 5 milhões de testes rápidos adquiridos pela Vale e doados ao Ministério da Saúde. 

Além disso, o Ministério da Saúde fará o monitoramento à distância da saúde da população através do Telesus 136. A ação permitirá a busca ativa para identificar antecipadamente pessoas vulneráveis, com sinais e sintomas de infecção por coronavírus, através do disparo de ligações para cerca de 125 milhões de brasileiros.

Agricultura
A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, informou que o ministério está trabalhando para garantir o abastecimento, a produção e distribuição de alimentos no País. Segundo a ministra, não há falta de alimentos em nenhuma cidade. “Hoje nós temos no Brasil o abastecimento em todas as capitais e todas as cidades, não temos nenhuma notícia de que esteja faltando qualquer tipo de alimento nas prateleiras dos supermercados, das vendas. Essa é a missão hoje do Ministério”, informou.

O Ministério também está preocupado com a situação dos pequenos produtores e orientando associações e empresas para tirar dúvidas e garantir segurança para os trabalhadores do setor. Ademais, a ministra informou que tem trabalhando em parceria com ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, para garantir o transporte dos produtos do setor agropecuário.

O Ministério da Agricultura também está monitorando os preços dos alimentos, que podem ter variações semanais por causa de questões logísticas. 

Relações Exteriores
O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, informou que cerca de 5.800 brasileiros no exterior enfrentam problemas para retornar ao Brasil por causa das medidas restritivas de circulação de pessoas e impedem voos entre os países devido a pandemia do coronavírus.

Ernesto Araújo afirmou que 10 mil brasileiros já foram repatriados e que o Governo Federal se esforça para facilitar o regresso de brasileiros que estão em países que possuem cancelamento de voos comerciais pelas companhias aéreas. Nessa situação, o governo está fretando voos para buscar os brasileiros. O primeiro voo fretado pousou na madrugada de terça-feira (31), vindo do Equador, trazendo 149 brasileiros, entre eles atletas paraolímpicos da equipe de natação. Um outro voo vindo do Peru nesta quarta-feira vai repatriar outros 160 brasileiros.

Ciência e Comunicação
O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Telecomunicações, Marcos Pontes, informou que serão investidos R$ 100 milhões no enfrentamento a pandemia do coronavírus. A Rede Vírus MCTIC, criada em fevereiro com pesquisadores e especialistas, está interligada com uma rede internacional de 15 países composta por ministros de ciência e tecnologia que se reúnem por teleconferência semanalmente. Institutos de Ciência e Tecnologia, universidades, agências e laboratórios desses países atuam em conjunto no desenvolvimento de diagnósticos, tratamentos, vacinas e produção de conhecimento sobre o coronavírus.

O MCTIC também está em desenvolvimento um plano para colocar internet em 16 mil unidades de saúde. Em 48 horas, o Ministério já conseguiu encaminhar a solução para conectar mais de 13 mil unidades de saúde e, nos próximos dias, pretende resolver a totalidade desta demanda. Os serviços serão realizados por prestadores de todo o Brasil, em contratação realizada em parceria com o Ministério da Saúde.

Defesa
O ministro da Defesa, Fernando Azevedo, relatou que a Operação Covid-19 está com ações de 10 Comandos Conjuntos por todo o Brasil. Contabilizando mais de 22 mil militares empregados em diversas atividades.

A aeronave Hércules C-130, da Força Aérea Brasileira, decolou hoje de Guarulhos para Recife transportando cerca de nove toneladas de material de saúde.

Além disso, as Forças Armadas realiza trabalho de limpeza de combate e prevenção do coronavírus em locais de grande circulação de pessoas com a aplicação de uma substância à base de hipoclorito de sódio e sabão neutro.

oblogdepianco.com.br com palanalto