sábado, 14 de março de 2020

Em Conceição, Após audiência de custódia juiz decreta prisão preventiva do suspeito de assaltar relojoaria na cidade

O juiz da Comarca de Conceição, Antonio Eugênio, decretou a prisão preventiva em desfavor de Gabriel Silva Nunes, mais conhecido como Biel, preso em flagrante delito, durante a prática de um assalto a uma relojoaria, na manhã desta quinta-feira (12), em Conceição. Um menor de idade, que atuou na prática do delito com ele, foi apreendido. Gabriel é natural da cidade de Monteiro, onde possui uma intensa ficha criminal.

De acordo com o que costa na peça do magistrado, o suspeito, juntamente com um menor de idade, praticou um assalto a uma relojoaria, utilizando-se do emprego de ameaças à vítima com uma arma de fogo. Na ocasião do assalto, populares perceberam a atitude suspeita da dupla e acionaram a Polícia Militar, que entrou em ação.

Durante a abordagem, a dupla reagiu contra a investida da polícia e entrou em confronto, resultando em uma intensa troca de tiros. Momentos depois os dois foram rendidos e presos pela PM.

Na audiência de custódia o magistrado entendeu a alta periculosidade de Gabriel, que possui uma extensa ficha criminal e decretou a sua prisão preventiva. O juiz mandou enviar, com urgência, cópia da decisão para a Comarca de Monteiro, onde o suspeito já possui mandado de prisão em seu desfavor, informando a sua decisão. “Compulsando os autos, observa-se que o custodiado possui uma vasta lista de antecedentes criminais, inclusive quando como menor de idade, estando em aberto mandado de prisão temporária pela Comarca de Monteiro”, explanou o magistrado na decisão.

Ainda durante a audiência de custódia, Biel confessou ter participado de um assalto, onde na ocasião, ele e o seu comparsa, roubaram uma motocicleta de um policial militar, que seguia na PB 400. O crime ocorreu na noite da última quarta-feira (11), o veículo foi recuperado pela Polícia Militar.

Quando menor, Briel respondeu pela prática de um latrocínio, além de sequestro e extorsão.

Logo após a audiência de custódia o magistrado, o juiz mandou levar o suspeito para a Cadeia Pública de Conceição, onde ficará à disposição da justiça local.

Vale do Piancó Notícias