segunda-feira, 3 de fevereiro de 2020

Ramal Pìancó na reta final das obras de transposição do São Francisco

Em entrevista realizada pela Rádio Sanhauá com
o Coordenador Estadual do DNOCS da Paraíba, Alberto Gomes (Foto), o mesmo apresentou os procedimentos de reta final da última licitação que antecede o início da obra Ramal do Piancó, conhecida também como Terceiro Eixo da Transposição do Rio São Francisco.

O engenheiro esclareceu que a primeira das duas vertentes de todo projeto da obra foi dividida em duas licitações, conforme orientação da Controladoria-Geral da União (CGU), sendo uma para os equipamentos (realizada em dezembro) e a outra, referente aos serviços, que deve ocorrer em fevereiro. Após esses trâmites, dará início as ações de construção.

Frisamos que essa obra é muito importante para a melhoria da população, tendo Alberto relatado que: "ela sairá ao custo de 177 reais per capita, visto que atenderá mais de 1 milhão de habitantes, sendo, então, a obra mais importante do estado e uma das mais baratas, quando confrontada com seu custo por pessoas beneficiadas, sem falar no desenvolvimento econômico e social estrutural propiciado por essa ação." 

Alberto Gomes também respondeu as perguntas de ouvintes e, quando questionado sobre os pilares da obra, esclareceu: “o primeiro seria a segurança hídrica para a região de Conceição, que é abastecida pelo açude do Condado (obra feita no governo Maranhão) que vai receber águas desse eixo; o segundo pilar será a perenização do rio Piancó, potencializando uma extensa área fértil; em terceiro, abastecer o maior açude do estado, o Coremas, gerando uma segurança hídrica robusta para todo o estado que beneficiaria das Várzeas de Sousa à região da Borborema. 

As cidades do interior paraibano tem comemorado o empreendimento. Com certeza trará um grande avanço econômico e social para as comunidades.

oblogdepianco.com.br
Com informação da rádio Sanhauá