quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

Vale do Piancó em estado de alerta devido a baixa umidade

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

Devido as elevadas temperaturas que o Sertão da Paraíba está enfrentando, o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) emitiu um alerta de perigo de baixa umidade em cerca de 120 cidades paraibanas.

O Instituto Nacional de Meteorologia do Brasil (INMET) é um órgão federal da administração direta do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), onde promove informações meteorológicas através de monitoramento, análise e previsão do tempo e clima.

As regiões de Sousa, Cajazeiras, Pombal e Vale do Piancó estão entre elas.

O alerta vale para todo o dia desta quinta-feira (05), com umidade relativa do ar variando entre 20% e 12%, o que causa grandes perigos à saúde e até queimadas em mata seca.

PERIGO PARA A SAÚDE
Por causa da baixa umidade do ar, a saúde é drasticamente comprometida. Alguns sintomas são pele, olhos, nariz e gargantas secos, cabelos indisciplinados, indisposição. Esses sintomas são provocados devido as massas de ar quentes e secas, ocasionadas em períodos muito secos, como os que estamos vivendo no Sertão.

Beber bastante líquido ajuda a amenizar os efeitos da baixa umidade do ar

CIDADES AFETADAS

Aparecida
Bernardino Batista
Bonito De Santa Fé
Brejo Do Cruz
Cachoeira Dos Índios
Catingueira
Conceição
Diamante
Itaporanga
Jericó
Joca Claudino
Lastro
Marizópolis
Monte Horebe
Nazarezinho
Paulista
Piancó
Poço Dantas
Poço De José De Moura
Santa Cruz
Santa Helena
São Bentinho
São Bento
São Domingos
São Francisco
São José Da Lagoa Tapada
São José De Espinharas
São José De Piranhas
São João Do Rio Do Peixe
Teixeira
Uiraúna
Vieirópolis

CUIDADOS
Alguns cuidados ajudam durante o período quente, tais como:

Ingerir bastante líquido;
Espalhar panos ou baldes com água em ambientes da casa, principalmente no quarto, ao dormir, ou utilizar umidificadores de ar;
Lavar nariz e olhos com soro fisiológico algumas vezes ao dia;
Trocar comidas com muito sal ou condimentos por alimentos mais saudáveis;
Usar creme hidratante na pele, e creme sem enxágue em cabelos não-oleosos;
Evitar exercícios físicos entre as 10 da manhã e 5 da tarde;
Evitar grandes aglomerações;
Evitar carpetes ou cortinas que acumulem poeiras;
Evitar exposição prolongada à ambientes com ar condicionado;
Manter a casa higienizada, arejada e ensolarada;

Diário do Sertão