segunda-feira, 16 de dezembro de 2019

Na PB, Delegado da Operação Xeque-Mate tem celular e redes sociais clonados

O delegado da Polícia Federal na Paraíba, Fabiano Emídio, teve o celular hackeado. Ele usou as redes sociais, neste domingo (15), para alertar aos seguidores que teve seu email e redes sociais clonados nos últimos 60 dias.

Ainda de acordo com Emídio, o suspeito de invadir suas contas utilizou o email para enviar mensagens que ‘fugiam do seu padrão de conduta’. Segundo o delegado, apenas o Whatsapp não foi afetado, por possuir verificação dupla, medida de segurança para evitar clonagens.

Veja texto divulgado por Fabiano nas redes sociais: 

“Amigos, informo que minhas senhas de redes sociais e e-mail foram clonados. Percebi isso após ser alertado por um amigo da existência de mensagens que trafegaram nas minhas contas pessoais e profissionais nos últimos 60 dias, supostamente atribuídas a mim, mas que fogem completamente aos meus padrões de conduta. Apenas o WhatsApp, em virtude de sua proteção adicional de segurança em duas etapas, permaneceu incólume. Dessa forma, caso tenham sido vítimas de tal atuação, desconsiderem eventuais mensagens suspeitas. Todas as providências para solução dos inconvenientes mencionados estão sendo adotadas”.

Recentemente, deputados tiveram o Whatsapp hackeado, onde suspeitos utilizavam a identidade do parlamentar para pedir dinheiro para pessoas próximas.

MaisPB