domingo, 15 de dezembro de 2019

Com Oposição desunida, prefeita de Diamante já pensa em disputar a reeleição

Por Redação da Folha do Vale Online
 
(Reprodução)
Embora toda a instabilidade político-administrativa no município de Diamante gerada pelo afastamento por duas vezes da prefeita Carmelita de Odoniel, determinado pela Justiça em função de supostas irregularidades nos gastos públicos, a prefeita, que reassumiu o cargo recentemente, poderá disputar o segundo mandato. Essa possibilidade foi sinalizada pelo esposo da prefeita, o médico e ex-prefeito Odoniel Mangueira. A gestora municipal e sua família estão acreditando que não haverá novo afastamento até o fim do mandato, mas seus adversários pensam o contrário: eles acham que os problemas não acabaram, porque os processos cíveis contra a prefeita por improbidade estão correndo e muita coisa ainda pode acontecer. 

No entanto, a grande questão é que os dois principais líderes da oposição, os irmãos Hermes e Hércules Mangueira estão rompido politicamente e deverão ficar em palanques diferentes, o que pode favorecer uma eventual candidatura da prefeita a um segundo mandato ou um outro nome apoiado pelo grupo que está no poder em Diamante.

oblogdepianco.com.br