quinta-feira, 16 de setembro de 2021

Câmara de Vereadores sediará no próximo dia 20 de setembro, Audiência Pública com o objetivo de tratar da situação hídrica no município de Piancó

A
Câmara de Vereadores sediará no próximo dia 20 de setembro, 
Audiência Pública com o objetivo de tratar da situação hídrica no município de Piancó/PB. De acordo com o Edital nº. 01/2021, de 15 de setembro de 2021, a Convocação para realização de Audiência Pública, tem o objetivo de tratar da situação hídrica no município e terá início às 09:00h, na sede da Câmara Municipal de Piancó. O pedido para a realização da Audiência, foi formulado  pela Bancada de Situação, através do Requerimento nº. 110/2021, e aprovado por unanimidade no dia 09/09/2021.

A Audiência vai tratar e discutir sobre as questões que envolvem a qualidade e manutenção do abastecimento da água para toda a população de Piancó, e da alocação das águas dos açudes de responsabilidade do Govero do Estado no Município. 

O Governo do Estado, por meio da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), está finalizando a atualização do Plano Estadual de Recursos Hídricos (PERH) e o calendário das audiências públicas para apresentação do documento terá quatro reuniões online e três presenciais.

A primeira reunião será realizada na próxima segunda-feira (20) no auditório do Instituto Federal da Paraíba (IFPB) na cidade de Sousa. O encontro está programado para começar às 14 horas, será aberto ao público e os participantes devem respeitar todos os protocolos de segurança para controle e prevenção da Covid-19.

O presidente da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), Marcus Vinícius Neves, detalhou as principais ações para garantir água de qualidade e gratuita à população. “Todas as cidades que estão em racionamento grave ou colapso contam com caixas d’água nas suas zonas urbanas, visando o abastecimento de qualidade pelos carros-pipa. Nós já ampliamos os pontos de abastecimento em várias estações de tratamento que disponibilizamos de água, conversado com os municípios para termos as menores distâncias de transporte, aumentando a quantidade de carros que já foram identificados e cadastrados”, pontuou.





oblogdepianco.com.br