quarta-feira, 25 de agosto de 2021

Fogo em terreno danifica estrutura física da UPA na cidade de Piancó

Com o crescente número de incêndios urbanos, a Defesa Civil  alerta que: atear fogo em terrenos baldios (mesmo que para construção) é crime ambiental passível de multa que pode chegar a R$ 9.658. Até mesmo pessoas que colocam fogo para "limpar lixo" podem ser punidas.

A Lei de Crimes Ambientais, de número 9.605, prevê que a multa seja aplicada mesmo se a queima ocorrer em propriedades particulares. A justificativa é que o crime de poluição coloca em risco a saúde humana e a segurança dos animais, além de destruir a flora.

Os riscos das queimadas urbanas são imprevisíveis, já que o fogo pode fugir do controle do autor e atingir casas e prédios, além de atrapalhar o trânsito e ocasionar graves acidentes. Foi o que aconteceu na Rua Antonio Passos da Silva, onde se localiza a UPA-24h. O fogo em um terreno terminou por atingir a estrutura física que compõem parte da sede da UPA, que é de plástico (PVC). Há cerca de cinco dias que se viu o fogo, a estrutura que compõem a parte externa da sede da UPA, ainda não foi reparada pelo Município.

A população pode contribuir fazendo denúncias a Seinfra e/ou prefeitura, Corpo de Bombeiros: 193 e 190, Polícia Militar.



Fonte: oblogdepianco.com.br