sábado, 3 de julho de 2021

VACINAS SALVAM: Serrana (SP) tem queda de 95% nas mortes após vacinação em massa com Coronavac

O
estudo realizado pelo Instituto Butantan na cidade de Serrana, em São Paulo, traz esperanças para o fim da crise pandêmica da Covid-19. A aplicação da vacina Coronavac reduziu em 95% as mortes da cidade. As internações caíram 86% e os diagnósticos de casos sintomáticos diminuíram 80%.

No "Projeto S", como ficou conhecido o estudo, a população da pequena cidade recebeu a vacina do Butantan feita em parceria com a biofarmacêutica chinesa Sinovac. "Ao atingir-se uma cobertura vacinal de aproximadamente 75% da população adulta do município, foi possível controlar a epidemia no local", informou o Butantan. Foram quase 28 mil adultos vacinados.

A redução das mortes, dos casos e das internações foi aferida por meio da comparação dos dados notificados desde o início do projeto até a conclusão da vacinação de todos os grupos prioritários com os três primeiros meses de 2021.

Os resultados também mostraram que a vacinação protege tanto os adultos que receberam as duas doses do imunizante quanto as crianças e adolescentes com menos de 18 anos, que não foram vacinados.

Um dos grandes desafios do estudo foi que aproximadamente 10 mil dos 28 mil adultos vacinados transitam entre Serrana e Ribeirão Preto, região próxima e de muitos registros de casos da Covid-19. Enquanto Ribeirão Preto e outras cidades vizinhas continuaram apresentando alta nos casos da doença, Serrana manteve taxas baixas de incidência.

Pátria vacinada
A vacinação contra a Covid-19 é a prioridade número um do Ministério da Saúde. Até o momento, mais de 140.2 milhões de doses foram distribuídas para todos os estados e o Distrito Federal de forma proporcional e igualitária. Dessas, mais de 103.9 milhões já foram aplicadas.


oblogdepianco.com.br com MS