sexta-feira, 30 de julho de 2021

PM localiza grupo acusado de matar policial no Sertão e um dos suspeitos morre em confronto

Cabo da Polícia Militar Manoel Messias Paulino
A Polícia Militar localizou, nas primeiras horas da manhã da quinta-feira (29), o grupo que seria responsável pelo assassinato do Cabo da Polícia Militar Manoel Messias Paulino, de 44 anos, que aconteceu na noite da quarta (28), quando o militar estava de folga em um bar, às margens da BR 230, na cidade de Malta, no Sertão. Na operação para prender os acusados, o autor dos disparos que mataram a vítima chegou a atirar contra as equipes da PM e acabou morrendo no confronto. Duas armas foram apreendidas.

O suspeito que morreu tem 28 anos e respondia a três processos criminais. Além dele, foram localizadas duas mulheres e outros dois homens, que tiveram participação direta no crime, cujo motivo ainda será investigado.

A operação que deu resposta ao crime foi realizada na própria cidade de Malta e contou com o empenho de equipes de várias unidades operacionais do Sertão da Paraíba, que receberam informações e imagens que auxiliaram na identificação e localização de todos os envolvidos.

Os presos foram apresentados na Delegacia de Polícia, em Patos.


oblogdepianco.com.br com Assessoria