domingo, 4 de julho de 2021

No Sertão da PB, Casal de idosos morrem de Covid-19 com poucas horas de diferença; eles eram casados há 66 anos

Faleceu por volta das 07:00 horas da manhã da última  sexta-feira (02/07) a aposentada Maria José Ambrósio Querino, de 82 anos.

Acometida pela Covid-19, dona Maria estava internada no Hospital de Pombal por falta de vaga no Complexo Hospitalar Patoense. Tinha comorbidades: Sobrepeso, hipertensão, problemas cardíacos e diabetes. Havia tomado apenas uma dose da vacina. “Não tomou a segunda dose porque estava tossindo muito no dia”, disse uma das filha.

Dona Maria era conhecida em Patos porque por muitos anos venceu milho na calçada do fórum. Era sogra da popular Maria da Carroça.

Foi sepultada às 16 horas de ontem no Cemitério São Judas Tadeu, na Vitória, em Patos.

Seu marido, o carvoeiro e carroceiro aposentado Joaquim Gomes Querino, de 90 anos, faleceu por volta das 4 horas da manhã deste sábado, 03/07, no Complexo Hospitalar Regional Patos, também de complicações da Covid-19. Já havia tomado as duas doses da vacina e também tinha problemas cardíacos e outras comorbidades.

O casal, que residia no bairro Milindra, em Patos, teve 11 filhos: Luzia, Lourdes, Inácia, Pedro, Cícero, Netinho, Maria das Graças, Maria de Fátima, Maria do Socorro e os falecidos Nestor Ambrósio e Josefa Sueli.

Seu Joaquim será sepultado neste sábado, também no Cemitério São Judas Tadeu, na Vitória, em Patos. 

Eles eram casados há 66 anos.

A família está muito abalada com a morte de dois entes queridos num curto espaço de tempo.

Duas filhas do casal são funcionárias públicas municipais e o Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região emitiu nota de pesar:
“O SINFEMP, na pessoa de sua presidente Carminha Nunes Soares, se solidariza com a dor da família e dos amigos nesse momento tão difícil da perda de duas pessoas queridas. Que Deus possa confortar o coração dos familiares“.

Folha Patoense
oblogdepianco.com.br