terça-feira, 1 de junho de 2021

Famup apresenta a gestores de 27 municípios cronograma de execução de atividades do 'Projeto Reciclo'

A
Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup) realizou  uma reunião virtual com prefeitos e secretários dos 27 municípios que integram o projeto Reciclo – “Despertando os Municípios”, concebido em parceria com o Ministério Público do Estado da Paraíba (MPPB). O encontro foi para anunciar e apresentar o novo cronograma de atividades, mantendo e observando todos os cuidados sanitários por conta da pandemia causada pelo coronavírus.

“Esse é um projeto importante e que tem a finalidade e o objetivo de fortalecer e impulsionar as atividades de inserção dos catadores de resíduos sólidos no mercado de trabalho. Esse processo irá beneficiar os profissionais, mas também irá representar um salto no uso inteligente dos resíduos sólidos, tornando-os fonte de riqueza, em particular para essa parcela da população. Com esse projeto que tem o apoio do Ministério Público, vamos garantir a qualidade de vida daqueles que trabalham com reciclagem, além de promover ganho social e financeiro”, destacou George.

O cronograma apresentado durante a reunião, que tem início ainda este mês e vai até fevereiro de 2022, destaca a realização de capacitações e elaboração de relatórios gerenciais para subsidiar o conteúdo programático das capacitações a partir do diagnóstico socioeconômico e demográfico dos catadores de material reciclado. Também estão previstas realizações de visitas técnicas aos municípios do projeto com o objetivo de monitorar as atividades.

Dentro do cronograma ainda estão previstas realizações de dois workshops com foco nas áreas de educação, saúde e assistência social. Por fim, será realizado um último workshop para apresentação dos resultados das capacitações e diagnósticos socioeconômicos e demográficos dos catadores de material reciclado.

George lembrou ainda que serão distribuídas cestas básicas com todos os catadores que irão participar do projeto já na fase das entrevistas, que tem início com os municípios de Sobrado e Caldas Brandão. Nos próximos dias, a primeira etapa do projeto segue com os demais municípios que são: Riachão do Poço, Cruz do Espírito Santo, São Miguel de Taipu, Mogeiro, Ingá, Riachão do Bacamarte, Salgado de São Félix, Sapé, Itabaiana, Juripiranga, Pilar, Gurinhém, São José dos Ramos, Picuí, Nova Palmeira, Frei Martinho, Baraúnas, Cuité, Nova Floresta, Barra de Santa Rosa, Cubati, Damião, Seridó, Pedra Lavrada, Mari e Sossego.

Projeto – Segundo o secretário-executivo da Famup, Pedro Dantas, o projeto contará com envolvimento da sociedade: alunos do ensino fundamental e médio da rede pública e particular de ensino, profissionais das áreas da educação, saúde e também, assistência social.

A Famup atuará a partir de duas ações, a primeira é constituída pela realização de um diagnóstico do perfil demográfico dos catadores de recicláveis e seus familiares, com enfoque nas questões socioeconômicas e educacionais. Traçado o perfil, será possível dimensionar aspectos de ordem quantitativa e qualitativa que servirão como base para as ações seguintes. Já na segunda etapa, será desenvolvida qualificação profissional com foco no trabalho dos catadores.

oblogdepianco.com.br com Assessoria