segunda-feira, 1 de março de 2021

Silêncio da 'Oposição' piancoense caracteriza a falta de uma liderança para contrapor ideias ao atual prefeito reeleito

T
em chamado a atenção  de eleitores contrários a atual gestão, o silêncio da  'oposição'  em relação a gestão do prefeito reeleito em 15 de novembro de 2020, Daniel Galdino (PP), na cidade de Piancó.

O prefeito Daniel Galdino (reeleito) enfrentou três candidatos (as) nas eleições de 2020: ANTONIO NETO (PTB), CRISTIANE REMÍGIO (CIDADANIA) e MARINÊS DE BEM TOMAZ (PSL).

DANIEL GALDINO (PP) teve como seu vice, o ex-prefeito FRANCISCO SALES DE LIMA LACERDA, elegendo a maioria de parlamentares para a Câmara Municipal.

Num ambiente em que não há polarização ou debate de idéias, a tendência é que surjam conflitos de moderada intensidade na própria força hegemônica.

Sem um nome que possa representá-la, a oposição segue em seu silêncio mórbido, causando decepção aos eleitores que imaginavam está sendo representado para colocar-se em um determinado lado. 

As articulações feitas pelo prefeito Daniel Galdino tem feito com que as reconfiguração políticas neutralize grupos opositores na cidade.

Alguns eleitores aguardam o pleito eleitoral de 2022, na expectativa de encontrar uma liderança na cidade, que possa mostrar-se publicamente, e trabalhar por uma candidatura ao governo do Estado, onde o nome do atual governador João Azevedo é o que está, naturalmente, na disputa para uma reeleição.

Sem liderança, oposição piancoense segue pulverizada
Conforme informações de ex-candidatos(as), muito pode mudar até as eleições de 2024, mas cabe avaliar com as peças que estão em jogo no panorama atual, como será o futuro político na cidade de Piancó. Quatro meses depois das eleições de 15 de novembro de 2020, a 'oposição' tem frustrado integrantes de legendas  aliadas  que participaram do pleito passado.  A avaliação quase unânime do eleitor, é que ninguém  conseguiu assumir o papel de líder da oposição ao governo do prefeito Daniel Galdino. O silêncio  da 'Oposição'  piancoense caracteriza a falta de uma liderança para contrapor ideias ao atual prefeito reeleito.

oblogdepianco.com.br