quarta-feira, 31 de março de 2021

CAGED: País abre 401.639 vagas de trabalho formal em fevereiro

Pelo segundo mês consecutivo, todos os setores de atividade e todas as regiões registraram saldo positivo na geração de empregos

O
país registrou saldo positivo de 401.639 postos de trabalho formal em fevereiro, de acordo com o novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgado na terça-feira (30/3) pela Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia, em entrevista coletiva com a participação do ministro Paulo Guedes.


O resultado de fevereiro decorreu de 1.694.604 admissões e de 1.292.965 desligamentos. O estoque (quantidade total de vínculos celetistas ativos em fevereiro de 2021) contabilizou 40.022.748 vínculos, o que representa uma variação de 1,01% em relação ao estoque do mês anterior. No acumulado de 2021, o Brasil apresentou saldo de 659.780 empregos, resultante de 3.269.417 admissões e de 2.609.637 desligamentos.

Assista à coletiva de imprensa com os dados novo Caged de fevereiro de 2021


“Os recordes na geração de empregos em janeiro e fevereiro são sinais claros de que a economia está se reativando”, afirmou o ministro Paulo Guedes, destacando ainda que fevereiro é um mês mais curto. O ministro reiterou sua defesa da vacinação em massa como forma de possibilitar um retorno seguro ao trabalho, principalmente para os mais vulneráveis, “os 40 milhões de brasileiros invisíveis” que estão na informalidade.

“Esse resultado ratifica o acerto das políticas públicas que estamos adotando”, salientou o secretário especial de Previdência e Trabalho, Bruno Bianco, referindo-se às medidas que vêm sendo colocadas em prática pelo governo federal para combater os impactos da pandemia da Covid-19 na economia.

Setores e regiões
Todos os cinco grupamentos de atividades econômicas registraram saldo positivo no nível de emprego em fevereiro: serviços (173.547 postos), indústria (93.621 postos), comércio (68.051 postos), construção (43.469 postos) e agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura (23.055 postos).

As cinco regiões brasileiras apresentaram saldo positivo em fevereiro: Sudeste (203.213 postos); Sul (105.197 postos); Nordeste (40.864 postos); Centro-Oeste (40.077 postos) e Norte (12.337 postos).Em relação aos estados, 24 das 27 unidades federativas registraram saldos positivos. Os destaques foram São Paulo (128.505 postos), Minas Gerais (51.939) e Paraná (41.616 postos).As unidades com maior variação relativa em relação ao estoque do mês anterior foram Mato Grosso (11.795 postos, 1,57%); Santa Catarina (33.994 postos, 1,55%) e Paraná (41.616 postos, 1,5%).

Modernização trabalhista
Em fevereiro ocorreram 19.443 admissões e 14.260 desligamentos na modalidade de trabalho intermitente, o que gerou saldo de 5.183 empregos, envolvendo 4.001 estabelecimentos contratantes. Um total de 232 empregados celebrou mais de um contrato na condição de trabalhador intermitente. Do ponto de vista das atividades econômicas, o saldo de emprego na modalidade de trabalho intermitente distribuiu-se por serviços (+6.144 postos), construção (+1.278 postos), indústria geral (+1.086 postos), agropecuária (+186 postos), e comércio (-3.511 postos).

Fevereiro registrou 23.674 admissões em regime de tempo parcial e 17.763 desligamentos, resultando em saldo de 5.911 empregos, com 8.644 estabelecimentos contratantes. Um total de 91 empregados celebrou mais de um contrato em regime de tempo parcial. Do ponto de vista das atividades econômicas, o saldo de emprego em regime de tempo parcial distribuiu-se por serviços (+4.065 postos), indústria geral (+2.714 postos), construção (+137 postos), agropecuária (-87 postos) e comércio (-918 postos).

Em fevereiro houve 17.378 desligamentos mediante acordo entre empregador e empregado, envolvendo 11.695 estabelecimentos, em um universo de 10.702 empresas. Trinta empregados realizaram mais de um desligamento mediante acordo com o empregador. Os desligamentos por acordo distribuíram-se por serviços (8.726 desligamentos), comércio (3.822), indústria geral (3.103), construção (1.230) e agropecuária (497).

oblogdepianco.com.br com Secom