quinta-feira, 24 de dezembro de 2020

Em Piancó, ainda repercute prisão de idoso por suposto estupro de criança de 7 anos

(Imagem meramente ilustrativa/catracalivre)
N
a última quarta-feira, 23 de dezembro, a cidade de Piancó foi surpreendida, com a prisão de um idoso de 63 anos, suspeita de cometer estupro contra uma criança de apenas 07 (sete) anos de idade, no Conjunto Jomar Mendonça (Projeto Mariz) na periferia de Piancó. Conforme informações de moradores, o fato aconteceu por volta das 14:00h e chamou atenção dos moradores da comunidade. Esse não foi o primeiro caso registrado pelas autoridades, ocorrido em Piancó.

A  mãe da criança acionou a polícia e expôs os fatos, informando que o idoso suspeito de cometer o estupro, reside próximo a residência da vítima. Mas que ele havia levado a criança a um matagal próximo as residências. A criança foi ouvida e disse que o homem havia colocado a mão nela e doeu muito. A ação da autoridade policial discorre acerca das provas apresentada, nos casos de abuso sexual infantil, mais especificamente o depoimento da criança, vítima do delito.

Levada ao Hospital em Piancó, a mãe e a criança, com a presença de conselheiros tutelares, foram feitos os exames necessários para comprovar o fato.

O suspeito foi localizado e conduzido a Delegacia de Polícia de Piancó.

"Diariamente, crianças e adolescentes são expostos à violência sexual. Até abril de 2019, o Disque 100 recebeu mais de 4 mil denúncias de abuso infantil em todo o Brasil, mas sabe-se que esses dados não estão nem perto da realidade, uma vez que ainda é difícil ter estatísticas que realmente abranjam o problema de forma real.

Isso se dá por inúmeros fatores como, por exemplo, pelo preconceito e pelo silêncio das vítimas (que às vezes não entendem o que está acontecendo com elas) e pela “vergonha” e falta de informação sobre o assunto de familiares". (catracalivre)

oblogdepianco.com.br