segunda-feira, 2 de novembro de 2020

Pastor passa mal e morre durante pregação em igreja de São José de Piranhas


 (Foto: Arquivo da família)
O pastor Lúcio Martins dos Santos Neto, de 69 anos, morreu durante um culto evangélico na cidade de São José de Piranhas, na noite deste domingo, 1º de novembro. A suspeita é que ele teve um infarto fulminante.

Segundo informações passadas ao Radar Sertanejo, o líder religioso passou mal quando estava pregando na Igreja Evangélica Congregacional, localizada na Rua Malaquias Barbosa, no Centro da cidade. Fieis que participavam do culto acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas quando os socorristas chegaram no local constataram que o religioso já estava sem vida.

Por ele ser irmão do apóstolo Faustino Otávio Neto, falecido em 2018, o corpo de Lúcio Martins está sendo velado durante todo o dia desta segunda-feira (02), na Igreja Apostólica Rio de Água da Vida (IARAV), em São José de Piranhas. O sepultamento ocorrerá a partir das 16h00 no cemitério local.

O pastor da Igreja Água da Vida, Claudemir França, lamentou o falecimento do Pr. Lúcio e disse que ele foi um dos pioneiros do evangelismo na região. Ele morou por certo tempo no Rio de Janeiro, depois em Brasília, e fazia alguns meses que ele estava em São José de Piranhas atuando como pastor auxiliar da Igreja Congregacional, ajudando o Pastor Dênis.

Pastor Lúcio estava nesta igreja quando sofreu um infarto e faleceu

Ainda na noite de ontem, o ex-pastor da Igreja Congregacional por 13 anos, Gilson Cordeiro, também lamentou a morte do religioso. “Os amigos que me perdoem, mas estou um pouco ofegante porque isso toca os nossos corações, um homem pregador do Evangelho cumprindo a sua missão”, disse.

Toda a comunidade evangélica de São José de Piranhas ficou sentida com a partida inesperada de Lúcio Martins dos Santos Neto. Ele deixou a companheira e dois filhos.

Por Dida Gonçalves
Do Radar Sertanejo