sexta-feira, 23 de outubro de 2020

No Sertão, funcionário da Aesa morre na realizando e manutenção no Canal da Redenção

De acordo com informações preliminares,  funcionários de uma empresa que presta serviço à Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa) estavam desaparecidos.

Eles trabalhavam na  manutenção de rotina em uma área do Canal da Redenção, entre Coremas e Sousa, no Sertão.

“Dos três funcionários que foram realizar uma manutenção nesse canal, dois não retornaram, apenas um voltou, mas não sabemos o que aconteceu. É uma situação que tem que se confirmar ainda, em virtude da dificuldade de comunicação com as equipes”, informou coronel Saulo Laurentino, do 3º Comando Regional de Bombeiro Militar.

Três equipes do Corpo de Bombeiros estão no local realizando as buscas sob o comando do major Everson, que é o comandante da operação. “Bombeiros de Itaporanga, 4ª Companhia independente que é responsável pela ocorrência, de Sousa e Pombal estão fazendo as buscas neste momento”, finalizou. 

Trabalhador morre durante manutenção em tubulação de grande porte nas Várzeas de Sousa 

O trabalhador Ailton Benedito dos Santos Filho, de 48 anos de idade, faleceu na tarde desta quinta-feira (22) durante serviço de manutenção em uma tubulação de aproximadamente 300 metros, localizada na altura do Sítio Riacho Verde, município de Coremas, Sertão paraibano. 

“Nino” como era conhecido, residia na cidade de Aparecida e trabalhava para o DPIVAS (Distrito de Irrigação do Perímetro Irrigado Várzeas de Sousa), que administra o projeto Várzeas de Sousa, do Governo do Estado. De acordo com o Batalhão do Corpo de Bombeiros de Itaporanga, dois funcionários foram solicitados para realizarem um trabalho de vistoria e limpeza em um tubo de grande porte quando um deles não conseguiu retornar e morreu afogado. 

Portal TV Sol
blogdolevi
oblogdepianco