segunda-feira, 21 de setembro de 2020

Em Nova Olinda (PB), Cidadania destitui comissão provisória após Convenção e indicação de prefeito e vice agora via ser decidida na Justiça; na cidade foram realizadas cinco convenções de diferentes siglas

(Imagem/reprodução)
O
diretório estadual do Cidadania destituiu a comissão provisória do partido no município de Nova Olinda, no Vale do Piancó, um dia após a realização da convenção que indicou candidatos a prefeito, vice e vereadores. No dia da convenção o partido estava apto para homologar as candidaturas e o problema agora será decidido pela Justiça Eleitoral.

De acordo com as informações, o município de Nova Olinda realizou 5 convenções municipais em um único dia, fato até então nunca ocorrido desde sua fundação. Além do prefeito Diogo Rosas, que vai para reeleição pelo DEM, também realizaram convenção no mesmo dia o Cidadania, indicando Deuseleite; PRB com Fi Davi; PSB com Ivan Lucena e PP que indicou Tiliu.

O que mais chamou atenção na região do Vale do Piancó foi a decisão da direção estadual do Cidadania, pelo seu presidente Ronaldo Guerra. No dia seguinte à convenção, Ronaldo destituiu a comissão provisória do partido, em Nova Olinda, na tentativa de impedir que o partido indicasse prefeito, vice-prefeito e os candidatos a vereadores, inclusive, três vereadores de mandatos e que iriam à reeleição.

Agora, os representantes da provisória vão acionar a Justiça Eleitoral para que seja mantida a decisão da convenção, vez que os convencionais escolheram livremente os seus candidatos, quando a comissão provisória ainda estava validada. Os advogados do partido, vai acionar a justiça através de através de mandado de segurança.

Central Vale Notícias
oblogdepianco.com.br