domingo, 30 de agosto de 2020

Prefeito Daniel em companhia do vice Dantas visitam as instalações do Hospital Covid em Piancó

O mês de março marcou a disseminação do coronavírus em território nacional. Hoje, o novo coronavírus já está nos 26 estados do país e no Distrito Federal, e ainda em cidades de pequeno e médio porte do interior. Algumas dessas cidades, aliás, já registram transmissão comunitária e viraram um centro de disseminação regional do vírus. Longe dos grandes centros, os pequenos municípios do interior do Brasil, em especial, no Norte e no Nordeste, não contam com o suporte hospitalar das grandes capitais, que também concentram a maior parte dos recursos e leitos.

O município de Piancó tem enfrentado este momento de pandemia mundial com muito esforço e resiliência para manter a sensibilização popular quanto ao isolamento social e demais medidas preventivas contra o coronavírus. Para isso, tem utilizado várias ferramentas, desde a divulgação de informação em massa até a adoção de ações técnicas direcionadas.

HOSPITAL COVID DE PIANCÓ
Esse hospital não lidam diretamente com o público. Portanto, não há como se dirigir até esses locais para fazer uma consulta ou exames que flagram o coronavírus. Os pacientes só são encaminhados ao Hospital Covid, após passar por uma avaliação nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). Se eles preencherem alguns critérios, são internados pelo tempo que for necessário para sua recupera.

Ao lado do  vice-prefeito Antônio Dantas, o prefeito Daniel Galdino visitou as novas instalações do novo Hospital Covid de Piancó. A nova unidade de saúde já está pronta para atender pacientes sintomáticos do novo coronavírus, assim como promover tratamentos ainda mais céleres e direcionados. 

Segundo o prefeito, "O novo Hospital Covid tem o objetivo de tirar das filas dos PSFs e UPA24h os pacientes sintomáticos, evitando contaminação e transmissibilidade do vírus. Ele será específico para o atendimento dos pacientes leves e moderados que apresentarem a doença". 

O município não dispõe de Unidade de Terapia Intensiva. Existe a intenção, por parte da gestão, de adquirir aparelhos de ventilação pulmonar, caso haja necessidade. O indivíduo fica numa cama simples, onde recebe assistência dos profissionais de saúde e passa por avaliações periódicas dos médicos. Se necessário, ele tem à disposição um sistema básico de oxigenação, que dá aquela força extra para respirar melhor. 

Nas entradas da cidade, são desenvolvidas atividades de educação em saúde, direcionadas à prevenção da infecção pela Covid-19, aferição de temperatura das pessoas que ingressam no município, notificações de isolamento, segundo as recomendações de atuação municipal nas 'barreiras sanitárias' para enfrentamento do coronavírus da Secretaria da Saúde, além da restrição da entrada de pessoas que não são residentes ou que não possuam imóvel na cidade, salvo algumas situações muito específicas, como a entrada de caminhões e carros de produtos que abastecem Itagi.

oblogdepianco.com.br
imagens: assessoria