quarta-feira, 24 de junho de 2020

Piancó se adapta à pandemia do Covid-19 para manter tradição do São João

Em Piancó, esse ano de 2020, pela primeira vez, muda a tradicional festa de São João, que  não será realizada em função do distanciamento social, recomendado pela OMS (Organização Mundial de Saúde)  como forma mais eficaz de reduzir a transmissão do novo Coronavírus. Por isso, os municípios do Vale do Piancó estão tendo que se adaptar para manter viva a tradição junina. Na véspera do dia de São João (23), saem de cena as fogueiras, fogos e as quadrilhas juninas e, no lugar, entram as lives com artistas para animar os festejos juninos. A Prefeitura de Piancó, por meio do Decreto Municipal 32/20, determinou a proibição da queima de fogos de artifícios, e também de que a população não acenda fogueiras na área urbana e rural do município. 

Seguindo recomendação do Ministério Público do Estado, a medida busca reduzir os casos de complicações respiratórias ocasionadas pela fumaça das fogueiras e também de queimaduras em decorrência do manejo de fogos de artifício, tendo em vista a lotação das nossas unidades de saúde.

A Operação “São João Sem Fogueiras” foi deflagrada no começo da noite de terça-feira (23/06) para coibir o acendimento de fogueiras em áreas urbanas, em toda a Paraíba. As fiscalizações contam com a atuação conjunta do Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb), Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema) e Corpo de Bombeiros Militar. A proibição foi estabelecida pela lei nº 11.711, sancionada pelo Governo do Estado no último dia 19.

O caráter cultural e a tradição das fogueiras e dos fogos de artifícios no período junino, terão que ser transferidos para o próximo ano que, com certeza, a Covid-19 não será um impedimento para as festas tradicionais, a exemplo do São João. 

O Dia de São João, um dos santos mais queridos do Brasil. Ele era filho do sacerdote Zacarias com Isabel, uma das primas de Maria, mãe de Jesus. Nasceu em 24 de junho, por isso em junho celebramos o “mês de São João”, e foi martirizado em 29 de agosto.

Ao invés das tradicionais fogueiras, velas
As famosas fogueiras na frente das casas, só com raríssimas exceções, na zona rural. Na cidade, pra não deixar a tradição de São João sem comemoração, muitas velas foram vistas nas janelas das casas.

As fogueiras, segundo pneumologistas, piora o processo inflamatório que pode acarretar em diversos sintomas ligados à respiração. Entre eles, estão tosse, leve falta de ar, piado no peito (sensação de um gato miando dentro do peito) e dor torácica.

Se não fosse a crise da Covid-19, milhares de pessoas estariam a caminho das principais cidades que realizam grandes festas nesse período em todo o Vale do Piancó. Agora, o que se viu na noite do dia 23/06, foi as ruas vazias em razão do distanciamento social.

oblogdepianco.com.br