sexta-feira, 17 de abril de 2020

Em meio a pandemia da Covid-19 e se adequando a realidade eleitoral de 2020, prefeitos buscam fortalecer grupos para o pleito vindouro

A Pandemia da Covid-19 vem modificando o cenário político agendado para esse ano de 2020 em todos os municípios do Brasil. Prefeitos que estão no poder, buscam intensificar barreiras e orientar a população sobre as necessidades de se isolarem em quarentena, para evitar a proliferação do vírus do Coronavírus, e apesar de muitos municípios ter declarado Estado de Calamidade Pública, os políticos tem que buscar espaços para as suas reeleições ou para concorrer ao pleito vindouro que ainda não foi modificado sua data e deverá ocorrer de acordo com a legislação eleitoral em vigor. Apesar do preocupante cenário criado pela pandemia de coronavírus, a já ex ministra Rosa Weber considera prematuro o debate sobre adiamento do pleito no atual momento, pontuando mais uma vez que a velocidade da evolução do quadro exige permanente reavaliação das providências.

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), foi eleito para a Presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na manhã desta quinta-feira (16/04). Ele assume o posto a partir de maio. Segundo ele, a realização das eleições municipais deste ano dependem da pandemia do novo coronavírus.

Piancó - Diante de tudo o que se passa no momento, prefeitos que pretendem uma reeleição, a exemplo de Piancó, estão encontrando meios para mobilizar suas equipes de articuladores, respeitando todos os cuidados da Quarentena, e tem encontrado resultados positivos com vistas a apoios ao projeto politico de reeleição do prefeito Daniel Galdino (PP). Muitos tem se declarado favorável ao segundo mandato do atual prefeito, esvaziando o grupo da Oposição que, até o presente, não demostrou qualquer indicação sobre um nome de consenso para representar essa parte da sociedade política, e participar do pleito eleitoral de 2020.

Calendário eleitoral - Eleições
As Eleições Municipais de 2020 só ocorrerão em outubro, mas a contagem regressiva para o dia da votação começou no fim do ano passado, com a aprovação e a publicação das resoluções do Tribunal Superior Eleitoral que normatizarão o pleito. As etapas do processo eleitoral estão descritas no cronograma previsto na Resolução TSE nº 23.606/2019, que estabelece, mês a mês, as datas do Calendário Eleitoral.

oblogdepianco.com.br