terça-feira, 3 de março de 2020

Acusado de matar escrivã da Polícia Civil em Catolé do Rocha é preso na cidade de Patos (PB)

Um homem suspeito de participar do assassinato de uma policial civil foi preso na tarde da segunda-feira (02 de março). A prisão ocorreu na cidade de Patos, no Sertão da Paraíba, e foi realizada por equipes das Delegacias de Homicídios e Roubos e Furtos do município.

O crime aconteceu em 28 de dezembro de 2012, no bairro de Luiza Maia, em Catolé do Rocha, no Sertão da Paraíba.

A vítima foi a escrivã Maria de Fátima Veras, de 52 anos. Ela trabalhava na 8ª Gerência de Polícia Civil de Catolé do Rocha. Ela estava chegando na casa de sua mãe, quando foi abordada por dois homens que disparam dez tiros de pistola. Maria morreu no local.

O preso tem 46 anos de idade e era considerado foragido da Justiça, desde que teve sua prisão decretada. Ele responde a outros dois processos por prática de tentativa de homicídio.

Segundo a Polícia Civil, o foragido estava escondido em Patos, no bairro do Jatobá.

A prisão foi decretada pela 1ª Vara da Comarca de Catolé do Rocha.

Após a prisão, o homem foi encaminhado para a Delegacia de Patos para, em seguida, ser apresentado à Justiça.

O caso permanece sendo investigado pela Polícia Civil.


ClickPB