quarta-feira, 5 de fevereiro de 2020

Cagepa apresenta proposta de aumento tarifário para maio de 2020

A Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) realizou na tarde desta terça-feira (4) audiência pública para apresentar a proposta de realinhamento tarifário da empresa, que pode entrar em vigor a partir de maio de 2020. O presidente da companhia, Marcus Vinícius Fernandes Neves, justificou o acréscimo de 9,6%, o que representa R$ 3,64 a mais por mês para os clientes residenciais que consomem até 10m³ de água. Ou seja, a tarifa nessa faixa de consumo deve sair dos R$ 37,91 atuais para R$ 41,55, valor necessário para cobrir as despesas com insumos, materiais e investimentos feitos pela Companhia no abastecimento e saneamento básico do Estado.

“Um ponto importante nessa proposta é o fato de que as tarifas de água e esgotos não sofreram nenhum aumento há 25 meses. Isso impactou muito a forma como avaliamos o percentual para este ano, porque, apesar do controle que tivemos com os gastos da companhia, o valor de insumos essenciais no processo de tratamento de água e esgotos subiu muito nesse período, a exemplo do cloro, que subiu 16%, a energia elétrica, que aumentou 11,52%, e a cal hidratada, que cresceu 23%”, explicou o presidente.

Na apresentação, Marcus Vinícius expôs obras e ações realizadas recentemente pela Cagepa em toda a Paraíba, além de estudos que apontam o crescimento de ligações domiciliares e a queda no índice de desperdício de água. “Os números não mentem: estamos crescendo com obras e serviços para garantir a segurança hídrica da Paraíba, e isso demanda um custo muito alto. Nos últimos anos, esse investimento tem sido feito em maior parte pelo Governo Estadual. Não há como seguir nesse ritmo de crescimento sem ponderarmos em manter o equilíbrio econômico-financeiro da companhia, que é uma condição indispensável à continuidade e melhoria dos serviços prestados à população”, disse.

Segundo o assessor de Assuntos Regulatórios da Cagepa, Ricardo Benevides, 67% dos clientes da Cagepa estão na faixa de consumo de até 10 mil litros por mês. Para esses, o acréscimo será de R$ 3,64 por mês, ou seja, apenas 12 centavos por dia. Para os imóveis que possuem os serviços de água e esgoto, a tarifa proposta é de R$ 74,79.

Preço menor que estados vizinhos – Ainda segundo Benevides, atualmente, a tarifa de água da Cagepa é menor do que a cobrada em estados vizinhos, como Rio Grande do Norte (R$ 43,77), Pernambuco (R$ 44,08) e Alagoas (R$ 49,70). “Mesmo com o reajuste, a tarifa na Paraíba continuará menor do que o valor atual deles. Importante destacar também que essas companhias dos Estados vizinhos ainda irão ter suas tarifas reajustadas este ano”, disse.

Tarifa Social segue sem alteração – Por determinação do governador João Azevedo, a Cagepa não reajustará pelo nono ano consecutivo o valor da Tarifa Social. Portanto, as famílias contempladas pelo benefício continuarão pagando R$ 11,62 para serviços de água e esgoto. A Tabela de Serviços e Multas também não sofrerá aumento. A partir de agora, a Agência de Regulação da Paraíba (ARPB) vai analisar a proposta e decidir o índice que será implementado.

oblogdepianco.com.br com Assessoria