segunda-feira, 27 de janeiro de 2020

Morre o Desembargador Júlio Paulo Neto

Morreu na noite de domingo, 26, o desembargador aposentado Júlio Paulo Neto, de 88 anos. Ele sofria de problemas renais e também de um tumor no cérebro. Júlio havia sido hospitalizado ontem e hoje a família confirmou o falecimento. “Ele teve uma vida plena. Foi tudo o que quis. A nós, restam as lembranças do privilégio que foi conviver com ele”, disse o diretor legislativo da Câmara de João Pessoa, Rodrigo Paulo Neto, sobrinho de Júlio.

O velório deverá ser realizado na manhã desta segunda-feira, 27, na Central São João Batista, nas proximidades da Praça da Independência, enquanto que o sepultamento será no Cemitério Senhor da Boa Sentença no jazigo da família. Os horários ainda não foram definidos.

O desembargador deixou o Tribunal de Justiça em 2009 depois de 41 anos dedicados à magistratura.

Natural de Campina Grande, o desembargador Júlio Paulo Neto ingressou no Ministério Público estadual em 1968, onde fez carreira, chegando ao cargo de procurador-geral da Justiça, eleito duas vezes pelos membros da instituição.

Em março de 2002, foi escolhido para ocupar vaga proveniente do Quinto Constitucional no Tribunal de Justiça da Paraíba, sendo eleito, em 2005, para o ocupar a vice-presidência e, posteriormente, a presidência da Corte.

ParlamentoPB