sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

Em Conceição, Juiz faz entrega de fuzil apreendido à PM para ser utilizado na defesa da sociedade

Na ocasião da reunião foi oficializado o fim das apreensões de motos, simplesmente por falta de emplacamentos regularizados. Segundo o magistrado, todos os veículos apreendidos por questões de documentos atrasados deverão ficar de responsabilidade do Detran, de modo que o pátio do Fórum não receberá nenhum veículo.

O juiz Antonio Eugênio, da comarca de Conceição entregou ao Capitão C. Lima um fuzil 762 aprendido com criminosos e que será revertido para defender a sociedade.

A entrega da arma ocorreu na manhã desta quarta-feira (15), no Fórum da Comarca de Conceição. Na ocasião, o magistrado participava de uma reunião com o capitão ao lado do promotor de Justiça, Lean Xerez. 

Na ocasião da reunião foi oficializado o fim das apreensões de motos, simplesmente por falta de emplacamentos regularizados. Segundo o magistrado, todos os veículos apreendidos por questões de documentos atrasados deverão ficar de responsabilidade do Detran, de modo que o pátio do Fórum não receberá nenhum veículo.

Em suas palavras o magistrado defendeu que a cidade não pode parar em função de tantas apreensões. No entanto, segundo o juiz, em casos de menores pilotando motos ou de veículos com queixa de furtos ou sendo utilizados para prática de crimes, se provados, o caso passa a ser tratado com o rigor da lei.

Ainda durante a reunião, o capitão ressaltou a importância das ações, que visaram impactar e mostrar que a polícia estará atenta ao combate a crminalidade no municipio. Segundo ele, os resultados foram positivos e a partir de agora o cidadão de bem poderá transitar em suas motos livremente. Ainda de acordo com o policial, motos com registros de roubos ou utilizadas para práticas de possíveis crimes serão apreendidas no rigor da lei.

Vale do Piancó Notícias