sexta-feira, 24 de janeiro de 2020

Arrecadação de impostos em 2019 é a maior em cinco anos

Marcello Casal Jr/Agência Brasil
O Governo Federal arrecadou R$ 1,537 tri em impostos no ano de 2019, o melhor resultado em cinco anos, com um alta de 1,69% sobre 2018, descontada a inflação. O chefe do Centro de Estudos Tributários da Receita Federal, Claudemir Malaquias, avalia o resultado.

“Pode ser explicado pelo desempenho, principalmente, da arrecadação do Imposto de Renda e da contribuição social das empresas. No ano de 2019, as empresas recolheram algo em torno de R$ 26 bi a mais em relação a 2019. Isso porque há uma projeção de maiores lucros com a recuperação da atividade econômica. Também explica o resultado o desempenho do Imposto de Renda da pessoa física, sobretudo nos últimos meses do ano, com o aumento dos ganhos de capital na alienação de bens e também dos rendimentos líquidos em bolsa.”

O economista Bruno Lavieri ressalta uma lenta recuperação econômica.

“Apesar da saída desses efeitos atípicos, é justamente a atividade econômica puxando, em alguma medida, a arrecadação. O ano como um todo teve um desempenho até que razoável, uma alta de 1,7%, no ano, 2019 comparado a 2018, tirando a inflação, o que é um crescimento até um pouco superior do que deve ser o crescimento do PIB no período.”

O Imposto de Renda foi o principal responsável pelos ganhos do Governo Federal no ano passado, com alta de 11 por cento. Para 2020, o mercado avalia um crescimento acima de 2 por cento para o PIB, com reflexos imediatos na arrecadação.


* Com informações do repórter Marcelo Mattos.