terça-feira, 24 de dezembro de 2019

O silêncio da 'Oposição' em Piancó chama atenção do eleitor

(Reprodução)
A debandada de eleitores ao grupo do prefeito Daniel Galdino vem chamando atenção, por ser nomes que até bem pouco tempo, faziam parte da chamada 'Oposição'. Isso enfraquece a cada dia o projeto de uma possível candidatura a prefeitura de Piancó em 2020 por outro grupo que pretenda disputar o pleito eleitoral vindouro contra o atual prefeito que vai à reeleição. Não se tem notícia sobre qualquer disposição daqueles que hoje se posicionam contrário a atual gestão, em vir a se lançar candidato a prefeito nas eleições que se aproximam. 

Diante desse quadro, o eleitor piancoense que anda incoformado com a gestão "Uma Cidade que Trabalha pra Você!", não sabe pra onde ir. Até as contantes críticas que eram feitas nas redes sociais por pessoas não conformadas com a atual gestão, pararam de acontecer. Conforme  conversas de rua, o eleitor que antes criticava a gestão com a intensão de ver surgir um nome para representá-los numa chapa majoritária, até agora não foi apresentado ao público de forma oficial, como pré candidato a prefeito.

Se o quadro político em Piancó continuar da maneira que se está acontecendo, ficará muito dificil a chamada 'Oposição' conseguir em pouco tempo, colocar um nome que venha a agregar forças suficientes para disputar o pleito majoritário vindouro. Pois, conforme alguns 'cientistas políticos', o tempo de campanha no próximo ano é menor que nas eleições anteriores. E pra quem tá no poder, a campanha é diária, enquanto quem está fora, se tem pretenções de disputar a cadeira de prefeito, deve colocar-se a disposição do eleitor, desde agora para poder conseguir convencer o eleitor para uma mudança. Caso contrário, em 2020 Piancó terá candidatura única a prefeitura.


oblogdepianco.com.br