segunda-feira, 16 de dezembro de 2019

Hacker invade câmera e conversa com menina de 8 anos nos EUA; veja vídeo

Por: Portal FolhaPE 
Alyssa estava sozinha no quarto quando foi surpreendida pelo hackerFoto: Reprodução
A cena lembra uma sequência de filme de terror. Uma garota de 8 anos chamada Alyssa está sozinha em seu quarto no Mississipi, nos Estados Unidos, quando houve uma voz. "Olá", fala um hacker que invadiu a câmera de segurança comprada pelos pais da menina. O equipamento havia sido instalado há quatro dias no quarto das três filhas da enfermeira Ashley Lemay e seu marido tinha como objetivo ver e conversar com as crianças enquanto ela trabalha no turno da noite.

Assustada, Alyssa responde: "Quem está aí?". "Eu sou o seu melhor amigo. Eu sou o Papai Noel", diz a voz do hacker. A menina então começa a chamar pela mãe e o hacker continua: "Eu sou o Papai Noel. Você não gostaria de ser a minha melhor amiga?". O pai de Alyssa corre para o quarto e a "interferência" do invasor chega ao fim.

Em entrevista ao jornal local WMC, Ashley afirmou que o coração quase parou ao assistir ao vídeo. "Quase nem cheguei ao fim em que ela está gritando 'mamãe, mamãe'. Eles poderiam ter assistido minhas filhas dormindo ou se trocando. Quer dizer, eles poderiam ter visto qualquer coisa. Honestamente, eu sinto que é alguém que nos conhece e está por perto”, disse. A câmera foi desconectada e polícia foi acionada.

A fabricante da câmera é a Ring, de propriedade da Amazon. A empresa informou à mãe que a segurança é prioridade número 1 de o caso será investigado. Em nota, a Ring afirmou que a confiança do cliente é algo importante. "Levamos a segurança de nossos dispositivos a sério. Enquanto ainda estamos investigando esse problema e tomando as medidas apropriadas para proteger nossos dispositivos com base em nossa investigação, podemos confirmar que esse incidente não tem relação alguma com violação ou comprometimento da segurança de Ring".

Segundo a empresa, o fato de clientes geralmente usarem o mesmo nome de usuário e senha para várias contas e assinaturas facilitar o roubo de credenciais vazadas.