segunda-feira, 23 de dezembro de 2019

Governador concede entrevista coletiva nesta segunda e deve falar sobre continuidade da saúde após Calvário

O governador da Paraíba, João Azevêdo (sem partido) concederá entrevista coletiva à imprensa, nesta segunda-feira (23), às 10h, no Palácio da Redenção, em João Pessoa, para falar do sistema público de saúde da Paraíba em função dos últimos acontecimentos ocorridos no Estado. 

O Palácio da Redenção e a Granja Santana, sede oficial do Governo e residência do governador, respectivamente, foram alvos de busca e apreensão de documentos na última terça-feira (17), durante as ações da sétima fase da Operação Calvário – Juízo Final, que apura desvio de R$ 134,2 milhões de recursos da saúde e educação do Estado na gestão do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB). João foi citado na delação do empresário Daniel Gomes, ex-líder da Cruz Vermelha Brasileira e o processo corre em segredo de Justiça.

Após o incidente, o Governo da Paraíba emitiu nota curta sobre o caso, afirmando que a gestão tem ‘mantido a postura de colaborar com quaisquer informações ou acesso que a Justiça determinar’.

Sobre a operação – A Operação Calvário investiga a atuação de Organização Criminosa, que teria se infiltrado na cúpula administrativa da Cruz Vermelha do Brasil, filial do Rio Grande do Sul e do Instituto de Psicologia Clínica Educacional e Profissional (IPCEP) e, através de seus membros, desviado recursos públicos do Governo do Estado da Paraíba.

Leia a nota:

‘GOVERNO DA PARAÍBA

NOTA

O Governo do Estado, diante das operações de buscas e apreensões ocorridas nesta terça-feira (17) nas dependências da administração estadual, por conta da Operação Calvário, vem esclarecer que desde o início da atual gestão tem mantido a postura de colaborar com quaisquer informações ou acesso que a Justiça determinar em seus processos investigativos.’

WSCom